2/16/2013

Just Like a Dream Cap 18- É triplo?


"Bitch Please, I'm Fabulouis..."

Elo’s POV.

- É beijar a piriguete, mas passou na lanchonete, xavecar a garçonete, mandou um vinagrete e não tem nenhum chiclete, faz o que? USA ORAL B COMPLETE! – cantarolava.
- Ae, o ruiva! – olhei pro Mack.
- Oi?
- Nós estamos com fome! – o restante das crianças se juntaram a ele.
- Bem, vocês vão ter que esperar até chegarem em casa! Já foi o lanche de vocês!
- Você não entendeu, Tia Elo! – disse Kelly. – QUEREMOS COMER AGORA!
- Ok, mas o que querem comer? Rufles ta bom? – perguntei procurando um pacote de rufles na bolsa.
- Não! Queremos MC. – que?
- MC? MC uma ova! Voltem a brincar!
- Tia Elo, Tia Elo tesc tesc... – começou a Elloisa. – Nós queremos MC! Agora!
- Eu não tenho autorização, nem pra sair, nem pra levar vocês ou dar comida gordurosa tipo MC!
- NÓS QUEREMOS MC! – do nada, cada um apareceu com uma nerf...e aquilo é  um chaco?  - Ou, você vai dizer adeus pro seu querido emprego. – essa gente tem mesmo 4, 5 anos?
- Ok, ok! Eu levo vocês no MC! – elas começaram a pular.
Peguei meu celular e disquei rapidamente.
- Liam, amor? Oi!
- Oi, Lo! Fala!
- Preciso de um pequena ajudinha sua...
[...]
A Charlottie tinha sumido da secretaria e essa era a hora perfeita.
- Venham crianças! – sussurrei e fomos todos para fora da creche.
Olhei pro estacionamento, que era bem em frente e lá estava Liam com sua caminhonete. Corri até ele.
- Elo! – quase berrou. – Que história é essa de levar crianças pro MC?
- Shhiiu! Não grita!
- Isso são coleiras? – apontou pro cinto que estava amarrado em minha cintura, que era ligado na cintura de Kelly que estava atrás de mim, depois o David, Elloisa, Jéssica, Mack e assim por diante.
- Mais ou menos! Eles cabem?
- São quantos?
- Hoje vieram 15! – fiz uma cara de anjo.
- Hum... Só se abaixarmos os bancos, aí acho que da! – continuei com uma cara fofa. – Não me olhe assim, continua sendo errado sequestrar criancinhas!
- Não estamos sequestrando ninguém! Vão estar todas aqui bem na hora, e não se esqueça que elas não são crianças! São diabinhos! – fez uma cara de morto e eu segurei a risada.
- Me dê um bom motivo pra fazer isso?
- Porque você me ama! – me aproximei dele. – E porque você me ama! – lhe dei um beijo rápido.
- ECCAAAA! – os diabinhos nos fizeram separar e rir com a reação!
- Ok, ok... Convenceu! – sorri vitoriosa. – Mas pode ligar pra alguém vir nos ajudar, porque não damos conta de 15 diabinhos!
- Pode deixar! – beijei sua bochecha e ele foi arrumar os bancos. – Olha aqui gente! Qual foi nosso combinado?
- Não fazer barulho! – Jeff berrou.
- Isso Jeff... E isso inclui não gritar! – ele concordou risonho. - O que mais?
- Não contar sobre hoje para nossos pais!
- E?
- Dizer pra eles que a tia Elo merece um aumento por tudo o que passa! - :D!
- Isso mesmo!
- Aumento? Sério? – Liam apareceu atrás de mim rindo.
- Nunca falei tão sério!
- Vamos crianças! – MEU NAMORADO as chamou, porque MEU NAMORADO é MEU NAMORADO, e MEU NAMORADO é a pessoa grudada na parede do meu quarto, já disse que ele é MEU NAMORADO? Adoro isso...
Conseguimos nos ajeitar e com um pouco de sufoco todos estávamos dentro da van.
- TA TUDO MUNDO AÍ? – berrei e fiz uma pequena chamada. – Ok, vamos cantar uma música?
- Fica quieta aí! Isso aqui não é passeio escolar! – Liam começou a rir.
- Eu quero cantar! – Logan, que é o mais velho de todos, se pronunciou.
- Ok, cante Logan!
- ram ram – deu uma escarrada. – Nossa, nossa, assim você me mat... – ah não, ta de zoera.
- OLHA UM FUSCA AZUL! – berrei que nem louca e dei um tapa na cabeça do Liam.
- AI!
- Hey... Eu estava cantando!
- Exatamente, estava, do verbo não está mais! Senta ai e fica quieto! – ele fez bico e sentou.
Como uma criança dessas conhece uma música dessas? E OLHA QUE ESTAMOS NA INGLATERRA, NÃO NO BRASIL!
- Deixa o menino cantar, Lo! – Liam disse rindo.
- Cala a boca, Liam! – riu mais.
Fiz mais algumas ligações e finalmente estávamos no McDonalds. Enquanto o Liam foi arranjar uma mesa pra trocentas pessoas, eu fui fazer os pedidos.
- OK GENTE! ME ESCUTEM! – me encararam. – O que vocês querem?!
- MC lanche feliz! – disseram todos juntos.
- Ok, e os brinquedos?? – cada um falou um brinquedinho fofo e chegou minha vez de pedir. – Oi! - Cumprimentei a moça.
- Olá! O que vai querer?
- Eu quero 15 MC lanches felizes, - a moça arregalou os olhos e eu mostrei as 15 crianças. – e mais 2 Big Tasty e 1 Quarteirão!
- Bebidas?
- Todas, todas mesmo, coca.
- Mais alguma coisa?
- um sundey!
- Ok, são 15 Mc Lanches Feliz! 2 Big Tests, 1 quarteirão e um triplo!
- Não, não tem triplo!
- AAH, mais tem o triplo?
- Não moça, não tem o triplo! – ela é surda ou o que?
- Ahhh então sem o triplo?
- É!
- Ok, são 15 Mc Lanches Feliz! 2 Big Tests, 1 quarteirão e um triplo! - ....Ta difícil, hein...
- Não, SEM, não existe o triplo!
- AAHHH entendi! Ok! Ok, são 15 Mc Lanches Feliz! 2 Big Tests e 1 quarteirão!
- Isso! E tem o sundey!
- É o top? O sundey?
- Não, o normal!
- Mas é o top? – SENHOR DO CÉU ESSA MULHER TEM PROBLEMA?
- ....É moça, é o top sim! Bota o top, vai! – ela mexeu na coisinha dela.
- Ok, são 15 Mc Lanches Feliz! 2 Big Tests, 1 quarteirão, um triplo e um top! – onde fica a janela mais próxima?
- É! Isso mesmo! Ok...
- São 400 euros!
- Ok... - Não acredito que isso tá vindo do meu bolso, mas... – Tá aqui ó! – Se eu não receber meu aumento...
Peguei os lanches e, com as criancinhas amarradas a mim, fui procurar o Liam.
Não precisei muito tempo: ele estava parado ao lado da porta de entrada.
- Que foi Liam?
- É que eu não achei uma mesa pra tanta gente... Que tal se formos comer na caminhonete?
- Ah, tá bom, tem espaço pra Juuh? Eu liguei pra ela, que já deve estar chegando!
- Tem sim.
- Então não tem problema
- Ahhh, não! Não vai dizer que a velha tá vindo aqui! – Falou Kelly.
- Tá sim, e você vai respeitá-la... – respondi, defendendo minha amiga.
- Aff...
- Oi gente! – Era a Juuh. – Tudo bem Elo, Liam? E vocês demônios, digo, crianças?! – sorriu falsamente. – Essa era emergência?
- É! – sorri.
- Não acredito, Elo!
As crianças ficaram encarando a Juuh com expressões de poucos amigos. Ainda bem que eu tinha recolhido todas as nerfs, como condição pra virem ao MC.
- Oi gente! Mas que coincidência! – Era Harry. Com ele estavam Niall, Zayn e Louis.
- Oi Elo, oi Liam, oi Juuh, - a selou - oi... Criancinhas amarradas na Elo... – Falou Niall. Tá, isso soava meio estranho.
- O loiro! – Niall se virou pra Mack. – Por que você pronunciou o nome Juuh com maior delicadeza?
- É! – falou Jéssica. – Parece que se demorou mais no nome dela... E ele soou quase como... Uma melodia.
- Hummm... – Kelly se adiantou. Fez sinal para que Niall se abaixasse. Este abaixou, e ela pegou uma lanterna (mas de onde veio isso? Preciso me lembrar de revista-los três vezes da próxima vez), abriu um pouco seus olhos, iluminando-os, e pediu – Repita o nome, por favor.
- O nome, por favor. – Repetiu Niall.
- Não é isso seu burro! SANTA IGNORÂNCIA! Fale o nome da Tia Juuh.
- Giuliana Guimarães Gonçalves Pacces.
- Meu Deus... Só Juuh bastava, mas, fazer o que... – Kelly examinou mais uma vez os olhos, depois apagou a lanterna, se virou e deu a conclusão – As pupilas ligeiramente dilatadas do objeto de estudo revelam por cálculos matemáticos avançados e de natureza analítica, através do nível da curva da íris e pela quantidade de líquido lacrimal que cobre a órbita do olho esquerdo, que o indivíduo Giuliana Guimarães Gonçalves Pacces, referido aqui nesta questão como Juuh, é objeto de afeto do objeto de estudo.
- Ah, agora tá explicado... – Exclamaram as criancinhas.
Harry, Liam, Niall, Zayn, Louis, eu e a Juuh ainda estávamos tentando entender o que aquela garota estava dizendo. Ela tem mesmo 5 anos? Sério?
- É... Traduz? – Falou Liam e Kelly suspirou.
- Niall ama Juuh! – Falou Kelly impaciente.
- Ahhhhhh!
Kelly bateu com a mão na testa, como quem diz “Minha nossa! Que sociedade é essa?”.
- Nossa, loiro! Como é que você foi gostar dessa velha? – Falou Jeff.
- É. Maluca. Doida varrida. – Confirmou Jessica.
- Ora seu diabinhos enfiados em corpos de... – começou Juuh.
- Tá bom, gente! – mudei de assunto. – Vamos comer!
- Ah, me dá um dos lanches Elo? To com muita fome e com preguiça de ficar esperando. – Eu não estranharia uma dessas vindo do Niall, nunca. Então peguei um dos Big Tasty e dei pra ele. – Pode comer, eu fico com o triplo...
Fomos à caminhonete, e, embaixo do forro do chão, eu achei uma prancha de surf (em Londres?). Ela foi muito bem-vinda. Coloquei-a em cima de um caixote (vamos fazer uma lista de coisas estranhas que achamos na van do Liam) e a fizemos de mesa. As crianças sentaram em volta da prancha e eu distribuí os lanches. Dei também o quarteirão pro Liam e o outro Big Tasty pra Juuh, que estava em um canto com o Niall, fora da caminhonete, antes de começar a distribuir pra crianças.
Quando finalmente sentei pra comer, enfiei a mão na sacola pra pegar o triplo. Não senti nada. Continuei tateando pelo pacote, e pelos outros, e nada de triplo.
- Cadê o MEU TRIPLO? – Fui conferir a notinha. A monga da atendente não tinha marcado o triplo na compra... Não acreditei.  Senhor, como é burra!
Resolvi então tomar logo o sorvete. Fui procurar o sundey top. Bem... Tinha derretido.
Emburrei. Lá vinham Harry, Zayn e Louis.
- Vocês compraram um lanche a mais? – perguntei pra eles.
- Ah, sim, esquecemos que o Niall tava comendo um já. – declarou Louis.
- Ah, vocês podem dar pra mim?! – perguntei animada.
- Claro! – respondeu Zayn.
- Qual é? – inqueri.
- Ah, pegamos um triplo pra ele. – disse Harry.
- Pensando bem... To sem fome. – realmente, eu tinha perdido a fome.
- O velha! – Juuh encarou Logan. – Quantos netos você têm? – Juuh fez uma expressão ofendida.
- Eu não tenho netos!
- Filhos? – negou. – VOCÊ TEM O QUE ENTÃO?
- Eu tinha uma vida feliz, até vocês aparecerem nela! – mostrou a língua pras crianças, que reagiram com o mesmo ato.
Foi quando olhei no relógio. Ah, meu Deus! Faltavam cerca de quinze minutos para os pais voltarem!
- Ai, meu Deus! Como foi que o tempo passou tão rápido?!
Liam começou a projetar sua breve resposta:
- Ah, tivemos que parar no viaduto pra Mack fazer xixi, na loja de brinquedos pra assistir à apresentação do Patati Patatá, depois tivemos que voltar por que você tinha esquecido sua bolsa, e aí nós fomos pra delegacia depois que a Kelly colocou aquele bebê na sua bolsa e...
- Tá, já entendi! Liam, pisa fundo! Nós temos exatamente doze minutos pra voltar!
- Quê?! Impossível. É quase a hora do rush, o trânsito vai ser infernal.
- VAI!
- Tá bom!
Fechei a porta da caminhonete, deixando Juuh e o resto dos rapazes da 1D para trás. Não me levem a mal... À Juuh eu podia dar explicações... Aos pais, bem... Eu não podia deixa-los saber da delegacia.
Liam contornava furioso as ruas – mas sem exceder o limite de velocidade, ok? Lembre-se bem: segurança no trânsito – e ao fim de onze minutos estávamos na rua de trás da creche.
- AIMEUDEUSDOCÉUELESVÃOABRIROPORTÃO!!!
Saltei do carro e comecei a correr, as criancinhas chorando atrás de mim. Eu ouvia algo como: “Pare, estou sendo arrastada!” ou “Socorro!”. O que será que elas queriam dizer?
Cheguei até a janela. Iríamos entrar por ela, antes que entrassem na sala. Mas estava trancada. E agora?
- Por aqui! – ouvi Kelly dizer. Quando me virei, ela bateu cinco vezes em um tijolo, que, sozinho, fez uns movimentos estranhos para trás, revelando um sistema digital de última geração. Kelly abriu bem o olho no que parecia ser uma espécie de scanner.
Uma voz feminina eccou de repente:
“Kelly Marchal. 50973678. Confirmado.”
A parede se abriu, revelando a sala através dela. Eu nem quis saber como e por que aquilo estava instalado ali, só entrei com as crianças, uma delas fechou a passagem e, naquele exato momento, a diretora entrou:
- Então crianças, que música aprendemos hoje?
- É beijar a piriguete, mas passou na lanchonete, xavecar a garçonete, mandou um vinagrete e não tem nenhum chiclete, faz o que? USA ORAL B COMPLETE! – cantarolaram.
- Isso! Muito bem! 

Oiieee povo!
Tudo beem?
Espero que sim..... Gostaram do cap?
Então, eu gostaria de falar uma coisa que está acontecendo!
Há algum tempo tinha uma menina copiando nosso blog e tals e eu
fui lá no blog dela e gentilmente pedi pra ela parar, só que parece
que apenas um pedido causou a terceira guerra mundial!
E quero falar uma coisa: admita que você plagiou, eu
não denunciei seu blog, não abri barraco e nem nada sabe?
Eu até esqueci de você até ontem. Só que o problema é que você tem a 
cara de pau de voltar no meu blog (não que eu esteja te expulsando 
você tem o direito de ler oque quiser, desde que não copie cada 
blog que entrar) e ME acusar de plágio por causa de
um apelido. Eu não sei se você viu, mas o JLD é baseado em uma
amizade, ou seja, minha e da Juuh, e Juuh é o apelido dela há 13 anos! Sinto
muito se só você pode chamar Juuh... Eu conheço umas 3 Juuhs...
E se você acha que o imagine ta uma 'merda', por que ta lendo?
Eu aceito críticas, sem problemas, elas me fazem crescer! Só não
entendo pra que veio arranjar tanta confusão por causa de um apelido!
Caso ainda não percebeu, 
teu recalque bate no meu numero de acessos e volta!
Desculpem a todas que não gostaram de ler isso acima, é
que eu só fiquei um pouco #xatiada com isso, sabe?
Mas é isso...
Muito obrigada pelos comentários e continuo com 5!
Tanks a Elissa que me ajudou a terminar!
Malikisses & Paynekisses
Lo <3

15 comentários:

  1. Ta mt perfeito...não liga para as criticas não,já so fã de vcs ;)
    Acusar VCS de plagio O.o(cada uma neh)
    bjao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yeeep, que bom que é minha fã! Fico feliz com isso >.<
      Vlw, também não entendi o coiso do plágio, cada gente louca nesse mundo, né?
      Bjssss
      #Elo

      Excluir
  2. Aa sua Liamda Diva, não liga pelas críticas não.. Si ti criticam é pqe tem inveja de você.. E se tão copiando o seu blog, denuncia, não fica com dó não. Pqe plágio é CRIME!
    Continua, to amando ler..
    Essa música é viciante, não sai da cabeça: Beijar a piriguete, mas passou na lanchonete, xavecar a garçonete, mandou um vinagrete e não tem nenhum chiclete, faz o que? USA ORAL B COMPLETE! kkkkkkkkkkkkk'
    Ain você viu esse vídeo dos meninos http://www.youtube.com/watch?v=b3NH0ciMP6I ? Não tem como não chorar :'(
    AMEEEEEEEEEEEI, o visual novo do blog *-*
    Ea Juuh melhorou ?
    Horanhugs & Malikisses ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *Aa você pode me chamar de Char ou de Lothie (meus apelidos), si você quiser *-*
      Só pro mais íntimos kkk'
      To cada dia, mais sua fã.. ;D

      Excluir
    2. Vlw Lothie ~lê intimidade~ e acho que nem vale a pena denunciar!
      EU VI O VIDEO SIM! Cara, mto triste, coloquei o novo design do blog em homenagem a campanha Red Noises, que bom que gostou!!
      A Juuh ta melhor (acho...)
      PS: Já falei que amo seu nome?
      Malikisses & Paynekisses.
      #Elo

      Excluir
  3. Continua, to curiosa (:

    ResponderExcluir
  4. COOOOOOOOOOOOOOOOONTINUA!
    Ameeeei.. :*

    ResponderExcluir
  5. Você sempre sendo uma Diva :D
    Continua.. xx
    -Léticia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. u.u me senti uma Demi Lovato agora! Muito obrigada!
      Continuo siim!
      xoxo
      #Elo

      Excluir
  6. Isso são crianças ou Robôs cara? kkkkkkkkkkkkk Amei o capitulo e a Fic e o Blog e Tudo! Xoxo

    ResponderExcluir
  7. Passa o blog dela?? Quem ta plagiando??

    xxEliana

    ResponderExcluir
  8. Sei que faz tempo que vc escreveu mas quero que saiba que eu amo o blog de vcs . e sabe eu me coloco no lugar da Juuh ja que meu apelido tambem é esse e tmbm por que assim como ela não gosto quando me chamam pelo meu nome pq eu acho meio estranho já que me chamo Joliana. então é isso obrigado por fazerem minha vida mais feliz amo vcs minhas divas perfeitas. Elo to pensando em pintar meu cabelo da cor do seu. bjs anjas xoxo juuh

    ResponderExcluir