5/18/2013

Just Like a Dream Cap 55- Silvoupladcnajncc


Tapa na cara da sociedade


- O que tem a casa da frente? - perguntou Zayn.
- Vocês já devem ter ouvido falar do acidente de 1993? Não? - Elo continuou e todo mundo a encarou. - Dizem que eles foram assassinados.
- E por quem? - perguntou Niall com a sobrancelha levantada.
- Pelo próprio filho! Dizem que quando alguém entra lá, nunca mais sai, porque os espíritos não deixam. - completei e Louis bufou.
- Quer mesmo que acreditemos nisso? Desculpe meninas! Mas, sem medo. - mexeu os braços.
- Essa foi fraca mesmo! - comentou Harry.
- Pois é. O Niall nem se cagou inteiro! - apontou pro loiro que mostrou o dedo do meio pro Liam! - Olha aí Juuh, a má educação que ta dando pro teu namorado!
- Aown, que orgulho! - ele sorriu vitorioso e Liam fez uma careta. - Mas como eu dizia, a história é real!
- É verdade! - completou Lari. - Eu lembro de minha vó contando essa noticia.
- Ata! Vou fingir que eu acredito! Até a Els sabe que isso é mentira, né El? - apontei a lanterna pra onde ela deveria estar a pedido do Louis - El? - mas ela não estava lá.
- Ela deve estar no banheiro! - disse Lari.
- Mas ela teria nos avisado, não?
- As vezes tava com caganeira e teve que sair correndo! - esse foi o comentário desnecessário do Harry.
- Elo! Cade o One Diarrection quando a gente mais precisa? - Niall zoou e todos começamos a rir.
- Da licença? One Diarrection é só para animais! E nós estamos falando da El, não de vocês!
- Orra. Acabou a amizade viu, Elo? - Zayn se fingiu de ofendido e nós rimos mais. - Mesmo assim, a El não deve ter ido ao banheiro, onde ela está?
Então, no meio daquela duvida cruel que tanto nos rachava a cabeça (~lê drama~) as luzes acenderam e bem no mesmo instante o telefone de casa, misteriosamente, começou a tocar.
- Alô? - todos encaramos Harry. - Alô? Alooooooou? Olaaaaaaaa? - ele tirou o telefone da orelha. - Desligaram!
- Que estranho... - comentou Elo. - Me da o telefone aí! - entregou pra ela, que após apertar um botão colocou o telefone no ouvido.
- Estão ouvindo isso? - sussurrou Lari e nós olhamos em volta. - Façam silencio e escutem! - a sala ficou muito quieta e podemos escutar de longe. Era um barulho de telefone também.
- Parece estar vindo lá de fora!
- É lógico né, Liam!
- Mas o povo ta grosso comigo hoje, eu hein? - ele se levantou e abriu a porta de vagar. - Er... Pessoal?
- O quê? - respondemos todos juntos.
- Eu acho que estão ligando da casa dos espíritos! - engoliu a seco.
Levantamos delicadamente [N/Elo: com certeza. Com a delicadeza de uma bazuca] e corremos para a porta empurrando Liam para fora de casa. Foi então que reparei o quanto o céu estava escuro, eu já sabia que estaria feio, mas nem tanto.
- Gente, tem alguém naquela casa! - falou Niall com a voz alterada. - estão vendo aquela sombra?
- Sim. Estamos. - entramos em casa de novo.
- Ok, não entrem em pânico.
- Niall, você é o único em pânico aqui! - Zayn disse, mas depois encarou Harry e acrescentou a sua resposta. - Talvez não só você!
- Puf, qual é meninas? Chega de piada!
- Isso não é brincadeira Louis! - Larissa o enfrentou. - Não estamos fazendo nada.
- Parem de brincadeira! Não estamos com medo! - arqueei a sobrancelha.
- É Louis, mas pelo o que eu posso ver, dois já foram. - apontei pro Garry e pro Niall. - Faltam três!
- Esquece.

[...]

- Isso é invasão domiciliar! - Niall falou pela vigésima vez.
- Não. Não é. A casa está abandonada!
- Larga de ser bobo, Niall! - disse Zayn. - Não tem nada aqui!
Bem, como eles não acreditaram, eu vim com os cinco até a casa para mostrar que tinha algo aqui, mas... Não, continua sendo algo.
- O que foi isso? - perguntou Harry. - Vocês ouviram?
- A única coisa a qual eu escuto é sua voz da sua chatice! - comentei ainda andando
- Olha! O telefone! - Liam foi até o telefone caído no chão. - Ta sem linha!
- Viu? Não foi daqui! Podemos ir para casa e... Zayn, tira a mão do meu ombro!
- Louis, eu não to com a mão no seu ombro! Eu estou na sua frente! - Zayn apontou sua lanterna em Louis. - Viu?
- Então, Niall?
- Não.
- Harry?
- Nem to perto de você, cara.
- Liam?
- Er... Não.
- Juuh, me diz que é você!
- Ok, sou eu!
- Sério?
- Não. Só disse por que você pediu!
- Se não é nenhum de vocês... Quem é? - a voz de Louis saiu tremula. – Juuh, ilumina por favor... – eu, segurando a risada, apontei a lanterna bem para ele. Louis virou devagar e deu um berro afeminado quando viu a “coisa” branca na sua frente. Eu não aguentei e comecei a rir feito uma idiota.
- GENTE! ESSA COISA POSSUIU A JUUH! – oxi, é minha risada poxa.
- Espera, isso é um lençol! – Harry puxou o lençol revelando a Els (que também ria feito um pato). – Eleanor?
Eu fui até o interruptor e acendi as luzes. Ai gente, essa foi a coisa mais engraçada que eu já presenciei na minha vida. Ai ai.
- Vocês nos enganaram? – Liam perguntou confuso.
- Enganamos. Vocês tinham que ver suas caras, o Zayn quase cagou nas calças. – Eleanor disse rindo.
- E o Louis gritando. Hahaha parecia uma menininha.
- Eu só estava atuando. – disse engrossando a voz, mas depois ele mesmo começou a rir.
- Bem, nós acabamos de provar que meninos têm medo sim. Perdedoreeees. – cantarolei.
- Nós estávamos desprevenidos! – disse Niall confiante.
- Só que não né, Niall? – os meninos riram.
- Eu vou assumir que sim, eu senti medo. – disse Harry.
- Eu também. – completou Liam.
- Acho que todos nós... – Zayn. – Até o Louis.
- Eu não senti medo. – revirei os olhos.
- Uuuuhuuum.
- É verdade.
- Ta bom, Louis. – disse Els e nós rimos da tentativa dele.
Depois de zoar com eles mais um pouco, voltamos pra casa pra avisar a Lari e a Elo que nosso plano ultrassecreto de emergência tinha dado certo. Ai ai, nunca vou esquecer isso.

Elo’s POV.

- Você acha que eu to muito simples? – me olhei no espelho mais uma vez.
- Simples? Simples é a roupa da Demi comparada a sua. – zoei. Ela me olhou feio. – Elo, você ta linda. Fica tranquila.
- Eu to tranquila. Querida, eu vou em um restaurante francês. Por que eu estaria nervosa?
- Sei lá... Nunca jantamos em restaurantes franceses.
- É o que eu diga. O restaurante mais chique que eu fui foi em um chinês com o chefe do me pai. E olha que o lugar era mó sinistro, parecia uma máfia chinesa daqueles filmes de ação. Eu estava prevendo a hora do Jackie Chan aparecer e bater em todo mundo. – rimos.
- O Jackie Chan é divo.
- Eu sei. Ele é tão carismático. – ficamos uma meia hora falando de como o Jackie, o De Rock e o Vim Diesel eram divos, o que nos interrompeu foi MEU cachorro querendo subir na cama. – Ah, quem é a coisa mais fofa da mamãe?
- Não amaça o bichinho. – mostrei a língua pra Juuh. – Ele é muito fofo para ser amaçado. – pegou o coitado do meu colo. – E além do mais você vai ficar cheirando cachorro.
- Como se e ligasse, cachorro filhote tem cheiro de café.
- Correção: cachorro filhote sujo tem cheiro de café.
- To nem ai, o que importa é que eu amo esse cheiro.
E então a campainha tocou e eu até dei um pulo de susto quando o Geleia começou a latir feito louco.
- Ah não. Não late, não faz isso. Desde pequeno? Sério? – ouvi Juuh reclamar enquanto saia do quarto que nem louco. – TCHAU, NÉ?
- TCHAU, JUJU LINDA! – berrei e fui correndo até a porta, parando em sua frente. Arrumei meu cabelo, passei a mão no meu vestido e abri a porta me deparando com o... Niall ¬¬. Não curti, achei ofensivo. [N/Niall: magoei] – Aff, você?
- Bom te ver também, Elo. – ri e beijei sua bochecha.
- AEEE O JUUH DESCE AÍ PORQUE TEU NAMORADO CHEGOU.
- MANDA ELE SUBIR.
- NÃO. PARA DE SER MOLENGA, TIRA ESSA BUNDA DO COLCHÃO E DESÇA ESSAS ESCADAS.
- TA BOM, O ANIMAL. – sorri satisfeita.
- Ela já vai descer, senhor Horan. – disse pra ele, zoando, claro.
- Nossa, Elo. Tenho certeza que você seria uma ótima mordoma. – fez uma cara irônica.
- Também acho. – rimos.
- Eu acho que a Elo se sai melhor de veterinária. – me virei e encontrei Liam plantado na porta com um sorriso sedutor que derreti feito picolé exposto ao sol (estranha comparação, não?) ali mesmo.
- Desde quando você ta ai?
- Ele veio comigo. – comentou Niall. – Mas você estava tão ocupada me desprezando e berrando com a Juuh que nem percebeu. – rimos.
- Senhorita Sanitá, – eita sobrenome lindo viu? Vou ser perseguida a vida inteira com ele. – me da à honra de... er... Eu esqueci o que eu ia falar. – soltei uma risada alta. – Vamos pular para o final quando eu digo: Você está linda! – disse com uma ar sincero. Até corei.
- Nossa Liam, você é tão romântico. Até me espanta. – fui até ele. – Estou emocionada, mas mesmo assim, obrigada. Você também não está nada mal. – disse irônica passando meus braços pelo seu pescoço e lhe dando um beijo calmo e apaixonado, como nós filmes sabe? Só que melhor.
- Ai gente, poupem a melação. – ouvi Juuh dizer. Ela estava enrolada em uma coberta com uma cara de sono. – Ta muito frio. Como você consegue usar esse vestido.
- Eu não sinto frio nas pernas. – dei de ombros. Mas é a pura verdade. Quando eu era menor, naqueles dias bem frios, todo mundo com blusa e trezentos agasalhos e eu sem nada, às vezes uma blusa a mais... Mas nunca senti frio nas pernas.
- Ah, a Juuh fica tão bonita com essa cara amaçada. – Niall disse como uma voz poética.
- Vou fingir que não me ofendi. – ele riu e se sentou no sofá. Juuh, nem um pouco folgada, deitou em cima dele, e Niall começou a fazer cafuné em sua cabeça. AOWN GENTE QUE CENA MAS FOFA *---* PRECISO TIRAR UMA FOTO DISSO E...
- Terra chamando Elo. – Liam estraga prazeres. – Vamos, Lo?
- Bora. – peguei me casaco. Não sinto frio nas pernas, mas nos braços já é outra história. – Tchau, pombinhos.
- Tchau!
- To com frio. – ri e eu e Liam saímos alegremente de casa.
Ele me levou até o carro e puxou a porta do carro para mim, agradeci e entrei. Talvez a Juuh tivesse um pouco de razão. Estou um pouco nervosa, sei lá... Imagina como é comer em um restaurante desses? Tu tem que ser tão educado quanto o príncipe William. E cá entre nós, eu não sou tão educada assim.
Durante o percurso fomos falando de coisas aleatórias. Rimos por bobeira e zoavamos com tudo. Ai ai, essa noite mal tinha começado e já estava sendo perfeita. Contudo, parei de falar imediatamente quando paramos a um lugar extremamente bonito. Era o restaurante. Além de ser enorme, tinha luzes preenchendo toda entrada, assim como plantas lindíssimas (iluminadas também). Tinha um toldo enorme que era sustentado por um cano de metal modelado com uma estrutura ondular. A sua calçada toda era recoberta granito preto com pequenos detalhes brancos. Pessoas entravam e saíam de lá feito loucos. Alguns bravos, outros com um ar mais metido e satisfeito.
- Liam, como você ganho essas reservas mesmo?
- Foi um presente da gravadora... E que presente. – ele também, pelo jeito, estava bem impressionado. – E olha que já fui em lugares bem chiques.
Um rapaz com uniforme branco abriu a porta para mim e eu saí ainda chocada com a beleza de tudo aquilo.
- Obrigada. – agradeci o tio.
[N/Juuh: santa ignorância. Ta indo pra um restaurante chique e chama os outros de tio, onde esse mundo vai parar?]
Liam pegou na minha mão e nós adentramos o restaurante e ele era mais bonito ainda por dentro. Deus do céu, haja paciência pra decorar isso tudo.
- Gente... – exclamou Liam. – Isso é maior que o MSG!
- Que exagerado. – rimos.
- Bonne nuit, vocês tien uma reserrrrva? – um cara com um bigode zoado e com um sotaque totalmente francês nos parou. [N/A: provavelmente a palavra ‘tien’ não existe em francês, mas é só para representar o sotaque, vou fazer isso algumas vezes, ok? Ok. Fui.].
- Sim, temos! – respondeu Liam.
- Nomes, s'il vous plaît. – silvoupladcnajncc sei lá o que... Acho que quer dizer por favor.
- Er... Liam Payne e Eloisa S...
- AH, está aqui. – o cara cuspiu na minha cara. – Suivez-moi! - Ficamos o encarando com uma cara “WTF?”. O cara bufou revoltado. – Sigam-me. – disse impaciente.
- Ahh... – eu e Liam entendemos e seguimos ele até uma mesa redonda e bem arrumada quase no centro do salão. Liam puxou minha cadeira (ai que menino educado) e nós nos sentamos.
- Aqui está os menâs de vocês! – nos entregou os cardápios. – Serei o garçôn de vocês dôs essa noite. – O que vão querrer?
- Ah, valeu. – Liam agradeceu e abriu o cardápio. Ele esbugalhou os olhos e depois me encarou. Eu, curiosa, abri o ‘menâ’ e entendi o porquê dos olhos esbugalhados. Eu não entendia nada do que estava escrito ali. – Então Elo querida, o que você vai pedir, porque ai eu peço igual. – ri.
- É uma ótima pergunta. – falei.
- Nos traga o número... Nove? – o garçom anotou as coisas no bloquinho dele.
- O que vão querrer beber?
- Eu quero uma coca. – Liam riu.
- Tarrei uma champanhe. – ele se virou e foi fazer sei lá o que.
- Eu, hein? Carinha mal-humorado. – concordei com ele rindo enquanto comia os pãezinhos que tinham ali.
- Você viu a cara dele quando eu pedi uma coca? Aff, esse povo que não tem coca no restaurante é muito sem graça. – encostei meu queixo na minha mão e de relance vi a mulher do casal ao lado nos encara feio. Eu hein...
- Como o Harry consegue falar francês? Como era mesmo? Silvoupladona - ri.
- Não Liam, é assim: silvoupladcnajncc - rimos mais.
O nosso garçom, cujo nome eu descobri que era Jean, trouxe a nossa bebida e eu confesso que fiquei extremamente chateada quando vi que não era minha coca. Ele colocou a champanhe no copo de Liam e depois no meu.
- Opa, você não pode beber isso.
- Liam, meu caro, estou fazendo 18 anos. Agora eu posso. – fiz voz de gente fina.
- Ta bom. – ele riu. – Um brinde... – levantou o copo.
- Um brinde a lasanha.
- Ai, Elo. Sempre tão romântica. – ri e nós brindamos. Levei o copo até minha boca e tomei um gole da champanhe. Jesus Maria José que coisa horrível.
- Gostou? – confirmei com a cabeça.
- O que é aquilo? – apontei pra trás e quando Liam virou, eu puxei o vazinho da mesa e cuspi tudo ali dentro, seguido do copo todo. Coloquei de volta e bem na hora o Liam virou. Ele arqueou a sobrancelha e olhou para o vazo e para minha boca babada. Ai não deu. Começamos a rir feito idiotas atraindo todas as atenções.


Hello, hello, baby. You called, I can't hear a thing.
I have got no service. In the club, you see, see...
Oiiiiiie.
Hoje eu dei oi cantando Lady Gaga.
Tudo bem?
Tudo Elo linda e maradiva e você?
NÃO. NÃO ESTOU BEM.
Longa história. Tive um dia daqueles.... Mas o pior
foi eu andando com minha irmã na rua mó distraída e ai do 
nada eu tropeço na droga da linda calçada feia (?) 
NA FRENTE DE UM BAR. Sabe o que é
assistir um monte de bêbados (feat minha irmã) riram da sua cara?
O pior é que eu tive uma crise de riso e fiquei no chão
rindo feito idiota. Eu ralei meu pé :( doeu kkk. E além
do mais eu to com um frio da peúga. Alguém chama
o Liam pra me esquentar? Ou o Harry? Zayn? Niall?
Louis? Zac Efron? Até mesmo um mendigo?
O da minha rua sumiu #xatiada.
MAS MESMO ASSIM EU TO DE BOM HUMOR.
TAPA NA CARA DA SOCIEDADE (QUE TENTA ME 
DEIXAR PARA BAIXO U.U)
Gente...
OS MINOS VEM PRO BRASIL.
COMOASSIMPARATUDOSENHOR.
Dia 10 de maio de 2014 eu estarei 
cheirando o mesmo ar que eles. Sabe pq?
PORQUE ELES VÃO POR AQUELES
LINDOS PÉS EM SÃO PAULO.
Tipo... kra...
Eu apenas surtei...
Eu espero que tenham gostado do cap que
ficou um pouco grande...
Muuuito obrigada pelos comentários e
continuo com 8.
Malikisses & Paynekisses
Lo <3


19 comentários:

  1. Continuaaaaa sua gata! *------------*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Okeeeeey *---------*
      Beijos de batata
      ~Lo :3

      Excluir
  2. continua ta muito bom
    -tamy

    ResponderExcluir
  3. Oi ÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊlôôôô. Tudo bom contigo muié? Eu estou pessima em saber que o One Direction vem para o Brasil e eu não vou poder ve-lôs não vou nem poder dizer que respirei o mesmo ar que eles porque o show é só em SP e RJ e eu moro no PA, mas enfim, cabeça erguida e esperanças. HARRY que historia é essa de dizer que vai cair na balada?? Desde quando marido meu tem essa ousadia?
    Cara eu não conseguir imaginar o Niall dando dedo pro Liam, que desastre a Elo num restaurante chique...

    Continua Elozinha coisa mais linda do meu heart que eu gosto muito bebê. (fica melhor com o nosso divo lindo gostoso Payne falando)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. xx Ana, rs esqueci de me identificar e eu amei aquela frase inicial

      Excluir
    2. Oiiiieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee AAAAAAAAAAAnaaaaa
      Tudo beleza com sua linda vida? Ah, é uma pena que você não possa ir. Posso morar em SP, mas acho horrível o que os artistas fazem. Essa "descriminação" com outros estados e cidades.
      KKKK POISÉ. E o Liam falando das calcinhas fiu dental, você viu?
      Vish 'fia' tu não viu nada. Kkk
      djsncfsdjcndjc até fico arrepiada pensando u.u
      Beijos de batata
      ~Lo :3

      Excluir
  4. Continua sua diva hehe' *--* Sou leitora nova e amo(AMO) seus imagines u.u o da Juh tbm são divos.Emfim,vcs estão de parabéns !
    E continuem divando \o/ e obrigado por me tirar do tédio '-' e.e
    xxJu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAÊÊÊ TEM MINHOCA NOVA NA TERRA. KKKKKKK TENDEU? MINHOCA KKKK? TERRA? KKK ELA VIVE NA TERRA SABE? KKKK... mãe, cadê meus remédios?
      jfdvnfdjnv tanks meu amor *-*
      u.u eu sempre divo querida, eu divo para todos os lados, ângulos, cantos, ruas, países, em todo o lugar u.u ~joga cabelo molhado na cara dos recalcados. Kkkk de nada, fico feliz em tirar seu tédio u.u
      Beijos de batata
      ~Lo :3

      Excluir
  5. Elooo minha filha. Ficou perfeito feat. maradivo! Confesso que sempre que vc põe lasanha nos capítulos, eu lembro das nossas conversas, véi era doido! :D Um hug pra ti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Isaa.
      Aown, tanks *---*. Kkkk é vdd, nossas conversas maduras sobre lasanhas foi muito emocionante. Sdds.
      Um Hug pra ti too.
      Beijos de batata
      ~Lo :3

      Excluir
  6. Uhu que cap. Divoo
    Sério nada contra SP ou RJ mas eu fico revoltada porque os shows sempre acontecem lá? Parecesse que o resto do país não exite oxiii, fico revoltada com isso
    COMO ASSIM O MENDIGO SUMIU? -porque eu estou perguntando isso? vai saber-
    Continua Elo -Elo me lembra da Elô da novela "Salve Jorge"-
    Malikisses & Paynekisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *---* valeu Ana *---*
      Eu também fico cara. Como eu disse no comentário a cima:
      "Posso morar em SP, mas acho horrível o que os artistas fazem. Essa "descriminação" com outros estados e cidades." (eu filosofa).
      Eu também não sei. Ele me abandonou, man. Tipo.... #xatiada feat bolada.
      Okeeey.... Kkkk okey de novov.
      Beijos de batata
      ~Lo :3

      Excluir
  7. Aff velho vc demora demais kra Já to cansanda disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... Desculpa, mas é que eu também tenho uma vida social. Eu tenho escola, lição, prova. Não é sempre que eu posso postar. Foi mal.

      Excluir
  8. Olá,aqui é a aluna da professora Rosi. Eu adoro o One direction, eu estou adorei esse capítulo Eloisa.Beijos Thifany

    Ass.Thifany

    ResponderExcluir
  9. AMEI A CAPI E A VINDA DOS MINOS NO BRASIL FOI PERFEITO AHHHHH

    ResponderExcluir