5/23/2013

Just Like a Dream Cap 56- "You're the missing piece to my puzzle"





Juuh’s POV.

- Juuh? Juuuuh. Juuuuuuuuuh? – um ser infeliz me cutucou.
Abri meus olhos e eles queimaram para se ajustarem a luz do quarto. Os esfreguei e dei um bocejo alto conseguindo, finalmente, assimilar tudo em minha volta. E lá estava o loiro que mias amo nesse mundo deitado na minha frente.
- Que foi Niall? – perguntei com a voz um pouco sonolenta.
- Nada. Queria te acordar mesmo. Você tem faculdade lembra? – faculdade. Droga, tinha até me esquecido que isso existia.
- Nããão. Eu to bem aqui. – me enrolei na coberta.
- Larga de ser fresca menina. Levanta dessa cama. – bufei alto e olhei para ele. – Cadê o sorriso? – falou com uma voz infantil que me fez rir. – É assim que eu gosto. – me selou e pulou da cama rapidamente. – Irei te levar pra tomar café fora hoje.
- Mas e a Elo?
- Por favor, a Elo já adulta agora. Ela consegue fazer as coisas sozinha. – ele abriu a porta para sair.
- OOO JUUH. EU ESQUECI MINHA TOALHA! TRÁS PRA MIM? – a voz da ruiva veio do corredor e eu olhei pro Niall com a sobrancelha arqueada e perguntei:
- O que você dizia? – ele riu.
- Talvez nem tudo. Vai levanta.  – ele saiu do quarto.
Bocejei mais uma vez e tomei coragem pra sair da minha cama quentinha e macia. Levei a bendita toalha para a Eloisa, aproveitando pra dar um bom dia. Tomei um banho mais demorado do que nunca (sabe como é? Água quente... Tempo frio... Essas coisas). Coloquei uma calça jeans simples, uma camiseta preta, meus all stars e por fim um moletom de panda.  Penteei meus cabelos, peguei minha bolça e desci a escada mais (muito mais) disposta.
- Bom dia povo feio! – cumprimentei a cambada (lê-se: Elo e Niall rindo feito bobos) – Do que estão rindo? – me sentei do lado deles.
- A Elo estava me contando sobre o encontro de ontem à noite... – Niall disse soltando mais uma gargalhada. – Você fez garfo voador no garçom? Sério?
- Uhum. A melhor parte foi quando a gente não sabia comer aquela gororoba e aí pedimos ajuda pra uma tia lá. Só que eu comecei a rir feito idiota quando o Liam mastigou aquele patê e cuspi tudo na moça... Aí depois fomos expulsos do restaurante.
- Nossa Eloisa, você tem tanta classe.
- Fica quieta aí, Pacces. Tenho certeza que você ia ser pior.
- Pior que é verdade. – eu ri. – Vamos, Niall?
- Tudo bem. Me deixem sozinha... Aqui... Apenas eu. SOLITÁRIA. – se jogou no sofá.
- Você tem o Geleia. – Niall apontou pro mesmo e Elo riu.
- Ok, vão nessa. Juuh, não se atrase.
- Okey, mamãe. Fica tranquila. – respondi e ela acenou.
Eu e Niall saímos alegremente de casa e ele me levou até uma cafeteria muito meiga. Era bem daquelas dos filmes, onde tudo era organizado, um monte de garçonetes bonitas perambulando por ai enquanto serviam café e famílias felizes tomando café juntos fingindo por uma hora que todos se amam.
- Nossa, de onde você conhece esse lugar? – perguntei enquanto nos sentávamos à mesa.
- Descobri semana passada fugindo de um paparazzo. Foi bem legal eu ter achado. É tão tranquilo e a comida é ótima. – ri. Já estava estranhando.
- O que vão querer? – a garçonete bonita (não curti, achei ofensivo) perguntou.
- Eu quero um café com leite e ovos com bacon. – disse Niall com os olhinhos brilhando. Ovos com bacon? Isso é mesmo uma cafeteria dos filmes. – E não esqueça as panquecas... Com bastante mel em cima... Coloca dois bacons a mais, só pra compensar e não se esqueça do meu mel. Também vou querer aquele pãozinho gostoso que vocês fazem, sabe? Com recheio de nutella, por favor... Não. Risca! Quero um de geleia de morango, é mais gostoso... Sem bem que o de nutella é bom também. Vamos fazer assim: um de nutella e outra de geleia de morango. Você anotou o café com leite? – a tia ficou o encarando com uma cara totalmente confusa. Bufei. Esse povo parece que nunca viu alguém comer tanto assim.
- Eu vou querer o mesmo. – respondi já que não sabia o cardápio... Nem cardápio nós ganhamos. A moça ficou parada por um tempo e depois se virou pra ir fazer nosso pedido. – Pediu pouca comida hein.
- Sabe como é, estou fazendo dieta! – rimos.
Nosso pedido demorou um pouco para chegar (também né?), mas quando chegou, comemos feito animais loucos e famintos. Eu pelo menos estava faminta.
- Ahn... Juuh?? -  Niall me chamou e eu encarei aquela carinha linda de bebê maduro. – Er.. Nada. Vamos? Já terminou? – concordei. – Eu vou te acompanhar até a faculdade.
Nos levantamos, Niall pagou e saímos de mãos dadas. E assim fomos caminhando rumo a faculdade. Estava muito silencioso, mas era um silencio bom. Agradável. O único problema era que Niall estava muito inquieto.
- Nialler, aconteceu alguma coisa? – ele parou e se voltou para minha frente. – O que foi?
- Juuh, eu preciso falar uma coisa.
- Niall Horan, você me traiu? – já falei brava.
- O quê? Não, ta louca menina? Mas enfim, - suspirei – lembra aquele negócio de quando eu fiquei bravo contigo por causa das bolotas e tals...? – como poderia esquecer? [N/Elo: ai Deus, to até com medo de ver o que ele vai falar. Nunca vou esquecer essa briga ridícula.] [N/Juuh: da licença que a pergunta foi pra mim, não pra você!] [N/Elo: tapa na minha cara].
- O que tem? – até hoje não ganhei nada ¬¬
- Eu menti. – arqueei uma sobrancelha. – Eu inventei aquilo e só um trouxa acreditaria naquilo – ai, fiquei ofendida [N/Elo: HÁ. TOMA!] – eu não fui pegar nenhuma bolota... eu nem sei o que são bolotas... MAS ENFIM, eu fui buscar isso. – ele tirou do bolço uma caixinha vermelha de veludo em forma de coração. Ele me entregou. – Eu falei tudo aquilo porque estava com raiva e totalmente revoltado, e eu fiquei em um lugar “misterioso” por que eu não queria chamar atenção... E outras coisas complicadas. – olhei para a caixinha e a abri. Primeiramente, pensei que seria um anel, mas me enganei. Era um colar. O pingente era um pedaço de quebra cabeça. Niall puxou por debaixo da sua blusa a outra metade.
- Niall... – estava sem palavras. Juntei as partes e reparei na frase que formava. “You’re the missing piece to my puzzle”.
- Eu mandei fazer... Gostou? – pulei em seus braços. Se eu gostei? - É por que você realmente completou o que faltava em mim. - disse sem graça.
- Niall, eu não gostei. Eu amei. – ele me apertou fortemente contra seu corpo e eu sorri voluntariamente.
Nós soltamos e me deparei com aqueles olhos azuis maravilhosos. Ainda com um sorriso colgate no rosto acariciei sua bochecha e lhe dei um beijo delicado e apaixonado. Ele retribuiu colocando suas mãos envolta da minha cintura.
Depois de pouco (cof cof muito cof cof) tempo nos agarrando, ele colocou o colar no meu pescoço e juntos continuamos a seguir nosso caminho. Eu realmente me senti a menina mais feliz do mundo agora.

Harry’s POV.

Eu não entendo. Eu sou Harry Styles. Todos conseguem uma garota, uma princesa e eu não. Sei lá, ficar com meninas é tão fácil, mas namorar uma, chega a ser um completo desafio. Todos estavam na pista dançando com suas garotas, e eu? Bem, eu estou sentado no bar do pub tomando o segundo copo de cerveja. As garotas fazem charminho, jogam cabelo, até tiram a roupa [N/Liam: quanta vulgaridade!] [N/Elo: parece minha mãe falando] [ N/Juuh: o que tem de errado em falar vulgaridade?] [N/Elo: sei lá... soa tanto gente fina. Sabe aqueles velhos: “Essas crianças vulgares de hoje em dia”] [N/Liam, Juuh: Cala a boca, Eloisa!]. Como eu dizia antes desses animais me interromperem, se fosse antigamente, eu até cairia no joguinho delas, trocaria algumas palavras e BAM. Uma noite perfeita para elas. Mas eu estou cansado disso, acordar sem saber o nome da individua [N/Elo: gente, que vocabulário é esse Styles?] e ir embora sem mais nem menos.
Saí daquele lugar, cuja música já estava me irritando. Era uma noite fria, porém bonita em Londres. Cheguei no meu prédio, cumprimentei o porteiro, a recepcionista, o mundo inteiro e me dirigi para o elevador apertando o número da cobertura em seguida.
- Ei, segura o elevador! – uma voz do além gritou e eu segurei a porta. Uma menina com trezentos livros na mão entrou e agradeceu.
- Obrigada. Er, pode apertar o nove para mim.
- Ah, claro. – apertei para ela e as portas se fecharam. – Você quer ajuda? – decidi ser cavalheiro.
- Pensando bem, sim. – ela riu. Peguei os livros que chegavam a tampar seu rosto e os deixei comigo mesmo.
- Muito obrigada. Sou Jess. – pude ver seu rosto. Ela tinha os olhos castanhos bem escuros e um cabelo curto  um pouco abaixo do queixo, bem escuro também. Ela tinha uma pele bem branquinha e com algumas sardas embaixo dos seus olhos. Ela era perfeita.


Oiiiiiiiiiiiiie
Como vocês estão hoje?
Eu estou ótima, valeu.
Então coisas fofas de Deus, gostaram
do cap? Não? Nem eu.
É que desde que eu cheguei da escola
eu to de cama e não saí dela :P
Odeio ficar doente ¬¬ principalmente
perto do meu aniversário.
Mas como eu tava parecendo um
zumbi e entediada com 568776 graus de febre, eu comecei a escrever...
só que ai eu me distraiu no facebook, fico
vendo tweets no twitter, vou até ver a vida dos 
mendigos, mas eu não escrevo. Pois é.
Bem, muito obrigada pelos lindos comentários 
e eu continuo com 8 ok?
Amo vocês (lê eu carente)!
Malikisses & Paynekisses
Lo <3
PS: to mal mesmo, olha como as notas 
finais ficaram pequenas.

16 comentários:

  1. Oh florzinha, somos duas doentes solitarias sem os minos pra nos curarem (sentiu o drama?). O capitulo ficou bom, BUT, porém, mas, exceto que eu sinto falta de um momento romantico do Zayn mais a Lari. Styles encontrou sua princesa, francamente Elo, espulsa do restaurante. As notas finais fazem uma falta

    Tambem te amo <3 bjs Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkk estamos difíceis hein Aninha?
      Aown tanks, e fica tranque que no próximo cap vai ter, viu?
      Kkkkk poisé, tenho certeza que eu seria mesmo kkkk do jeito que eu sou.
      Vc acha? Kkk
      Aowwwn <3

      Excluir
  2. Continueeeeee pleasee! *----*

    ResponderExcluir
  3. EU AMO PANDAS
    deve ser muito legal ver a vida dos mendigos -tipo eles jogam uno com as pedras?- na verdade deve ser emocionante
    Nossa eu morro de rir com cada capitulo você é hilaria -é estranho falar hilaria-
    E ta todo mundo atacado aqui (lê-se eu)
    Continua Lo
    Malikisses & Paynekisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. .....er....Eu também? kkkk ok né?
      Também acho. KKKK eu lembro desse cap, eu ainda acho que minha filosofia está certa.
      Aowwwn *---* fico feliz em saber. kkkk
      KkkKK
      Okey, Anaaa!

      Excluir
  4. Tambem quaria um cap com a lari e o zaynzinhk. Continua?

    ResponderExcluir
  5. Continua linda,porém doente :c Fica bem logo tá? u.u
    Cara é horrível ficar doente,também odeio,parece que o tédio possui agente.
    Deve ser emocionante ver a vida dos mendigos,tipo eles ficam..mendigando? '-'
    Enfim...Continua o cap ficou perfect feat. divo u.u
    E melhoras Elo *-*
    XJuh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aown Okkeey. Brigadinha amor <3
      Kkkk eu sei. Você se sente preso a sua cama e acaba sendo muito chato né??
      KKKKKKKKK aposto que sim né? KKK ai ai.
      Aowwn ookkwwwy Juh!
      Brigadinha anjo <3

      Excluir
  6. Continua por favoor? Quero muito ler a continuação! *------------*

    ResponderExcluir
  7. Continua esta muito perfeito!!! eu AMO seus imagines!! <3<3<3<3 Xxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fdipvjdfpiv ok
      fkmdogm aowwwwn que bom :DDDD ~ Lê eu sorrindo feito o gato da Alice.

      Excluir