12/02/2012

Love Story Cap 4- Um pegador bonitão que ninguém resiste.





Harry: o que foi? - pergunto ainda olhando nos seus olhos.
Angel: seja sincero! - eu confirmo confuso - foi você que escreveu a musica??
Harry: foi! - ela faz uma cara nervosa.
Angel: por que você tem que ser tão idiota?? - uma menina que eu nem conheço está na minha casa me questionando e me chamando de idiota!? É isso mesmo minha gente??
Harry: primeiro: eu não sou idiota; segundo: eu não te conheço!
Angel: eu sei que não foi você que não escreveu a musica - como ela sabe?
Harry: mas fui eu!! - falo o mais convincente possível.
Angel: não, não foi você, porque fui EU que escrevi!! - o que? Mas.....
Harry: é claro! Eu trombei com você! Eu....a musica é sua!!
Angel: ah jura?? - fala irônica.
Harry: olha, você não pode falar pra ninguém que não fui eu!
Angel: eu não vou contar - dou um suspiro de alivio - você vai contar!
Harry: o que?? Não! Eu não posso! Tenho milhares de fãs no mundo e....e - abaixo a cabeça - pela primeira vez na vida foz uma coisa legal pra banda!
Ange: você roubou minha música!
Harry: eu não roubei, só peguei emprestado!
Ange: seu - eu fiz uns sons - EU NÃO TE SUPORTO!
Harry: NEM EU TE SUPORTO!
Ange: você me irrita! Rouba minha música, leva todo o crédito por ela...e...estragou praticamente minha carreira!
Harry: que carreira?? – ela abaixa a cabeça e só depois percebo o que disse.
Angel: mas consegue viver assim? Eu sei que é só uma musica pra você, mas pra mim, pra mim é mais um dos meus sentimentos! - ela passa a mão no rosto - por favor, fala a verdade!
Harry: eu não posso!
Angel: eu não vou desistir, Styles! – fiquei com medo agora – JOSH! – ele aparece – vamos por favor!
Josh: mas já?
Angel: vamos!
Louis: não! Fiquem! – de onde ele veio??
Angel: não da! Temos aula amanha! – ela pega a bolça.
Josh: verdade! Tchau caras! – o Josh se despede e eles vão embora.
Louis: o que ela queria?
Harry: nada, Louis!
Louis: eu te conheço, algo tem!
Harry: não é nada! Vou dormir! – subo as escadas e deito na minha cama.

                Como fui tão burro em não perceber que era dela?? Eu não posso falar, minha carreira toda eu fui conhecido com o pegador, o baladeiro e quando “faço” algo com os “meus verdadeiros sentimentos” e sou reconhecido algo quer atrapalhar.



Angel’s POV

“Xxx: a senhorita gostaria de dançar? – me viro e vejo...Harry???
Angel: claro! – ele pega minha mão e me leva para o centro no baile – o senhor dança muito bem? Te conheço?
Harry: acho que não! Sou Harry, Harry Styles! – solto as mãos dele rapidamente, por que eu estou dançando com ele?
Angel: você é um Styles?? – ele confirma assustado – desculpe tenho que ir! – me viro e saio correndo.”
- BOM DIA, LONDRES! – de novo?

                 Me levanto e adivinha?? Atrasada de novo! Novidade. Pego qualquer roupa, calço minha bota, pego minha bolça e saio correndo pelo campus, de novo.
Professor: está atrasada, senhorita Garcia! – falou quando entrei na sala.

Angel: eu sei me desculpe! – falei e a sala ficou agitada, rindo e olhando com uma cara de duvida, só ai me toquei que falei em português – er....desculpa – falei em inglês. O professor apontou pro meio da multidão e me sentei.
Professor: certo pessoal! Fizeram a anotação que eu pedi? – droga! Esqueci! – passam pra  frente! – todos foram passando e eu resei pra que ele não percebesse que eu esqueci – Garcia? – por que eu penso mesmo? – seu trabalho!
Angel: é uma historia bem engraçada.....
Professor: você não fez!
Angel: pois é! – ele faz uma cara de desaprovação e marca algo naquele caderninho dele.

                O resto das aulas foi até que interessante, tirando o  fato do meu professor de musica me odiar! O último sinal bateu e eu saí da sala normalmente quando o professor de música me interrompeu. O nome dele era Steve, o cara me odeia! Simplesmente odeia e ponto.
Steven: senhorita Garcia vim avisar que não estou satisfeito com seus progressos, não sei se a senhorita sabe, mas, não aceitamos esse tipo de comportamento nessa faculdade!

Angel: professor, eu juro que eu posso...
Steven: sua última chance será na grande apresentação na semana que vem! Espero que faça eu acreditar que você vale a pena! – isso acabou comigo. Eu sempre fui uma ótima aluna e agora o cara chega e fala “espero que você vale a pena”. Eu apenas assenti e sai andando para fora daquela faculdade, a última coisa que eu quero é pensar em aula agora. Vou andando, sem parar, não importa pra onde eu vou, quero conhecer um pouco Londres, fazer algo diferente, não ser mais àquela menina lindinha e perfeita que fica estudando o dia inteiro!

                Levanto meu pulso olhando a estrela desenhada perfeitamente nele, cada detalhe era perfeito e permanente. Automaticamente lembro da minha mãe, é por causa dela que estou aqui, bem, não só dela, eu amo a música. Tudo seria mais fácil com ela do meu lado! Tenho certeza.

                Ando um pouco mais até uma praça bem distante da faculdade. Sento em um banco e vejo a típica imagem que faz qualquer um no meu estado se abalar. Uma mulher empurrando um balanço, rindo e sorrindo só de ver a criança que nele brinca.

“ Uma garotinha de pé, com um homem a sua frente, era isso que eu lembrava, logo em seguida vinham as palavras que ninguém no mundo gosta de ouvir. ‘Morta’.
Antônio: filha escute, a mamãe está dormindo!
Angel: quando ela acorda, papai?
Antônio: .... – fico observando aquele homem sem falas, sem gestos, como avisar sobre a morte para uma garota de 9 anos? – sua mãe sempre te amou! Sempre. Mas as vezes a vida não é justa com todos.
Angel: papai, o que houve com a minha mãe...
Antônio: ela apenas foi pra um lugar melhor, onde sempre vai cuidar de você e sempre vai continuar a sorrir! – uma lágrima cai dos olhos do homem a minha frente. Eu abraço meu pai com todas a minhas forças. Podia ter nove anos, mas eu sabia o que estava acontecendo!”

                Não contive as lágrimas que caiam constantemente sobre minha bochecha queimada pelo frio. Estava congelando. Esqueci minha blusa sei lá onde e a neve não estava contribuindo pra nada! Peguei meu celular e fiz uma coisa que já tinha que ter feito.

Ligação On
Xxx: alô?
Angel: vó? – meu choro só aumentou.
Clarice: oi meu amor, você está chorando? – fico em silencio – calma, conta pra mim como está sendo ai! – disse animada.
Angel: ta tudo ótimo! Muito!
Clarice: quer contar pra vó porque ta assim? – ri do jeito meigo que ela fala.
Angel: só saudades mesmo! E o meu pai?
Clarice: foi fazer um exame, esta melhor! – sorri com a notícia – estou com saudades anjo! – mais lágrimas.
Angel: eu também!
Clarice: não chora, ok? Vai ficar tudo bem! – concordei pra mim mesma – eu te amo, Agy!
Angel: também te amo, vó! – eu estava soluçando – eu tenho que ir!
Clarice: tudo bem! Me liga depois! Tchau!
Angel: ta, manda um beijo pro papai! Tchau!
Conversa Off.

                Já estava soluçando. Estava agindo como uma criança, eu sei, mas eu só queria alguém pra esses momentos. O Josh não, acabei de conhecer ele e ainda por cima não acredita em mim. A Lara ta vagabundiando por ai, sobre eu e eu.
Xxx: oi...


Harry’s POV

                A rua estava muito gelada. O vendo forte se chocava contra meu rosto me fazendo arrepiar todo. Eu queria um tempo sozinho, sei lá, pensar? Nem sei mais o que estou fazendo.
                Passei por uma praça e me sentei em um banco pra descansar da minha caminhada.
Xxx: só saudades mesmo! E o meu pai?............ Eu também! – me viro e fico surpreso por vê-la, Angel, acho - também te amo vó – ela soluçava entre as palavras - ta, manda um beijo pro papai! Tchau! – depois disso só escuto seu choro. Levanto-me e sento perto dela.
Harry: oi... – ela me olha e fica surpresa. Rapidamente limpa as lagrimas – não precisa ter vergonha.
Angel: o que ta fazendo aqui? – ela se levanta, só agora percebo que estava sem blusa. Me levanto junto e tiro um de meus casacos – não precisa – eu ignoro e o ponho envolta dela – obrigada.
Harry: de nada! – sorrio e olho em seus olhos. Foi estranho, uma imagem apareceu na minha cabeça – er.... você ta bem? Estava chorando!
Angel: eu to bem, obrigada! – ficamos em silencio.
A/H: me desculpe – falamos juntos e rimos
Harry: desculpe, eu não deveria ter roubado sua música!
Angel: me desculpe também! Fui muito grossa!
Harry: quer dar uma volta? Eu posso te deixar na sua casa...ou sei la – ela ri.
Angel: pode ser, ai eu devolvo o casaco...é..
Harry: é...o casaco... – quero saber por que estou agindo como um idiota.

                Eu fiz um sinal e fomos andando. Ela era linda e cada vez mais eu me sentia mau por ter roubado sua música.

Harry: então... você compõe?? – pergunto quebrando o silencio.
Angel: sim!
Harry: se serve de consolo, They Don’t Know About Us é linda! – ela ri.
Angel: valeu! – ela me olha curiosa – Harry, eu ainda gostaria que você contasse a verdade!
Harry: eu não posso! – suspiro.
Angel: não pode ou não quer?
Harry: eu.... – respirei fundo – eu “mostrei” pela musica que eu tenho sentimentos, as pessoas viram quem eu sou de verdade, viram que não sou quem muitos acharam!
Angel: que seria?
Harry: um pegador bonitão que ninguém resiste – ela da uma risada que me faz rir junto.
Angel: mas... você tem que demonstrar isso do seu jeito, com o seu coração! Não com, bem, o meu...
Harry: mas....sei lá.....
Angel: é aqui! – aponto pra faculdade enorme a minha frente – tchau, Harry! – ela me entrega o casaco.
Harry: tchau....Angel, né? – ela confirma.
Angel: espero que você saiba o que fazer – beijou minha bochecha e desapareceu perante todas aquelas pessoas.


Angel's POV

       Entro em casa com um sorriso...Ok....não sei o que foi isso, mas eu gostei. Tomei um banho demorado e nem vi se Lara tinha chegado, eu coloquei meu pijama e pulei na cama. Fechei meus olhos e pensando naqueles cachos eu dormi.

Ta ai mais um cap!
Espero que tenham gostado! 
E........
uma coisa!
Sabe a Jú?? A que escreve VMP?
Entaaaaaao ela imaginou um historiaa mtooo legal pra vcs..
Só que ela não quer escrever!
Então comentem (por favor) se querem 
que ela escreva...
Pq ela não escuta a amiguinha querida
dela (Te amo Jú, aproveitando, melhoras >.<)
Malikisses
Lo <3

8 comentários:

  1. CONTINUUUA
    acho q ela tinha q escrever! Eu adoro VMP?!

    ResponderExcluir
  2. A.M.A.N.D.O!!
    Acho que ela deviria escrever, eu adoro o "VMP?"!!
    Continua!! :D

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que você devia avisar quando é sonho porque as vezes a gente si confunde fa tipo SONHO ON ta,,,,, amei a fic você é muito talento bjss

    Xx: Duda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bah também me confundi e pensei O QUE ELES JA SAO NAMORADOS kkkkkkkkk
      ameiiiiii essa Fic

      Xx: Dani Carvalho

      Excluir