12/06/2013

Breakaway Cap 16 - Descobertas




– NÃO TOQUE NELA! – aquela voz fina e grossa ao mesmo tempo gritou pelos corredores. Kira olhou para o lado assustada, surpresa e feliz. Nunca pensara que seria tão bom vê-lo de novo.
– Louis... – a garota murmurou com a respiração acelerada.
– Louis? Eu te conheço... – Jenny sorriu maliciosa – Vi vocês dois no jornal... Casal romântico que se ama e blá blá blá, não?
– Solte ela e não irá se machucar... – Louis disse se aproximando cautelosamente.
– E o que você vai fazer? Me bater com essas asinhas de galo que você chama de braço? – a mulher riu.
Louis engoliu em seco e tirou uma faca de cozinha do cinto da calça, que até então nem tinha sido reparada. Kira ficou assustada ao vê-lo com aquela “arma”, não pelo motivo de ele estar com uma, e sim pelo motivo de ele não saber nem cortar um legume com aquilo, imagina atacar alguém.
Jenny riu escandalosamente e com uma das mãos, levantou seu vestido, tirando uma arminha de sua meia – sabe aquelas de noiva? Então, essas mesmo – e apontando para Louis. Kira ficou revoltada. Esse povo tinham lugares tão estranhos para guardar armas.
– Se você fizer qualquer coisa, você morre – a mais velha levantou mais Kira e prendeu-a na parede, mas dessa vez com a mão em seu pescoço – E depois, ela morre.
A garota sentiu uma sensação estranha e tentou tirar as mãos de Jenny do seu pescoço, aquilo era muito desconfortável.
Louis andou um pouco mais para frente, um pouco desesperado.
– Não não! – Jenny levantou o dedo – Não estou apertando o suficiente para matar. Só que se você der mais um passo, eu aperto e nem você ou sua arminha ridícula vão me impedir.
Kira olhou para o noivo com medo. Não queria morrer, muito menos daquele jeito. A mão de Jenny segurava seu pescoço de uma maneira bem forte, não conseguia imaginar um jeito mais forte ainda. O ar já estava lhe faltando um pouco e a garota tenta, inutilmente, tirar as mãos nojentas de Jenny de seu pescoço.
– Mas quer saber... Acho que vai ser divertido ver você morrendo aos olhos dele. Não acha? Ver o amor da sua vida morrendo sem nem poder fazer nada... Ah, que triste... Como se o amor de vocês fosse real.  – Jenny riu irônica virando a cabeça para Kira – Sabe qual a diferença entre mim e você? Hein? – ela apertou mais o pescoço da garota – Eu tive um amor real! Eu tive alguém que realmente me amasse, ao contrário de você... Que não é nada mais do que uma enxerida ridícula, que decepciona todos. Sua mãe, seu pai... Você não tem amigos, as pessoas ficam longe de você! Você não é nada.
Kira permaneceu quieta. Jenny ria de seu próprio discurso como se fosse algo realmente engraçado. Ela apertou mais o pescoço da garota, que sentiu uma espécie de ânsia de vomito, seguida por um desespero enorme por ar em seus pulmões.
Jenny, ainda rindo de tudo aquilo, virou o rosto para olhar para Louis. Só tinha um problema: Louis não estava mais lá.
– Ué... Mas... – ela enrugou a testa e antes que pudesse ter mais alguma reação, sentiu uma pancada forte em sua cabeça. Uma dor fortíssima espalhou pelo seu crânio e ela perdeu os sentidos, caindo sobre o chão de madeira.
O corpo de Kira escorregou pela parede, fazendo-a cair no chão frio junto a Jenny. Sua visão ficou turva por alguns segundos antes de o ar voltar para dentro de seu corpo e sua respiração começar a funcionar outra vez.
– Você tá bem? – Louis perguntou ajudando-a a se levantar. Ele estava com a mesma faca na mão, e tinha acertado Jenny com o cabo.
Kira não disse nada após se levantar. Sua respiração estava agitada e o desespero ainda rondava seu ser, e algo dentro dela, talvez sua menininha frágil interior, deu um impulso para  abraçar Louis. Esse, por sua vez, ficou sem reação diante daquele ato e meio inseguro, abraçou-a de volta.
A noiva, percebendo o que estava fazendo, ficou um pouco sem graça e acabou se soltando do abraço.
– Eu... Er... Obrigada, Louis... Eu poderia ter morrido. – Kira disse sincera.
– Por nada... – respondeu o rapaz, ainda meio atordoado pelo oque acabara de acontecer.
Os dois ficaram um pouco sem graça, em um silêncio um pouco constrangedor. E foi aí que Kira lembrou:
– NIALL! – ela disse rapidamente e virou para voltar ao terraço.
Louis foi atrás e os dois se depararam com Liam, Harry, Zayn e Niall olhando para o chão, onde estavam os caras que antes os perseguiam, caídos.
– Como conseguiram fazer isso? – perguntou Kira e os quatro se viraram para ela e Louis.
– Viemos por trás... Nem nos viram.
– KIRA! Graças a Deus! – Liam correu até ela e lhe deu um abraço – Você é louca? Problemática? Tem demência? Você poderia ter se machucado e... O que é isso no seu pescoço? – ele apontou para um pequeno corte. Deveria ter sido na hora que Jenny colocou o canivete sobre seu pescoço.
– Não é nada eu...
– Nada? Um pouco mais fundo e você poderia ter morrido!! – Liam abraçou-a mais uma vez – Nunca mais faça isso, entendido?
– Niall, você tá bem? – ela perguntou, ignorando o fato de estar sendo amaçada por Liam.
– Estou Kira. Você? – ela concordou.
– Conversamos depois. – disse Harry – Temos que sair daqui rápido, antes que eles acordem.
Todos concordaram e seguiram seu caminho para o andar de baixo. Os rapazes vieram de carruagem, então seria mais fácil de ir embora.
– Como sabiam que nós estávamos aqui? – perguntou, finalmente, Kira, quando já estavam a bordo da carruagem e o cocheiro de Liam os levava para casa.
– Da próxima vez, esconda melhor as coisas! – Malik mostrou o diário em mãos.
– Eu deixei aberto... Não deixei? – Zayn concordou.
– E teve sorte de nós termos te achado! – Louis falou se debruçando sobre Harry.
– O que está fazendo?
– Eu to cansado, não fala nada e me deixa deitar em você.
– Continuando... – Niall ignorou os dois – Quero apenas deixar claro que Kira me obrigou!
– Niall!!
– Nós imaginamos... – falou Liam – Por que não nos chamou?
– Não queria chamar a atenção das pessoas... E não queria que se machucassem... Eu não devia ter envolvido vocês nisso.
– Mas você não envolveu – disse Harry enquanto fazia carinho na cabeça de Louis – Nós quisemos fazer parte, você não nos obrigou em nada.
– E nem vem com esse papo de sou a heroína e não posso por meus amigos em risco! – Zayn disse com uma voz afinada e todos riram.
– Harry, por que está acariciando minha cabeça?
– Não sei... Seu cabelo é macio... – os dois riram, acompanhados dos outros.
Minutos depois estavam todos na casa de Kira. Os seis entraram tentando não fazer barulho algum... Já deveriam ter passado das onze, e geralmente todos já dormiam a essa hora. Eles foram para a sala e se sentaram cansados no sofá.
– Kira, posso dormir aqui? – perguntou Liam.
– Pode sim... Mas vai ter que ficar com o quarto de visitas sem janela! O Jack e o Philip ocuparam os últimos com janela da casa e só sobrou o último do corredor.
– Como assim eu não vou ficar com o quarto sem janela? – Liam fez uma voz de inglês metido e rico – Fica tranquila, durmo até em papelão se precisar – a prima riu.
Kira olhou para Niall sentado ao seu lado. Ele olhava para o chão pensativo e totalmente calado. Não tinha falado quase nada na carruagem.
– Niall? Está tudo bem? – ela perguntou, e os amigos pararam para ouvir a resposta.
– Kira... – ele disse olhando para ela – Eu conversei com a Jenny e ela me contou sobre Carlos...
– O quê? – Louis falou curioso – O que ela te contou?
– Ela não sabe quem matou ele... Mas tinha suspeitas. Disse que talvez nós achássemos respostas no banco em que o dinheiro roubado estava sendo guardado antes. O banco central da cidade.
– Espera... Então ela está envolvida com o roubo? – perguntou Styles.
– É lógico que está – disse Kira – ela tentou me MATAR.
– E ela disse isso para você, Niall? Por livre e espontânea vontade? – falou Zayn.
– Sim. Eu disse para ela confiar e... Ela simplesmente confiou. Mas isso foi antes de ela saber que eu estava com a Kira.
– Nem as prostitutas gostam de você, pelo amor de Deus.
– Cala a boca, Louis! – Kira virou os olhos – E como ela sabia quem eu era?
– Todo mundo sabe quem você é... – Louis virou os olhos – Qualé? Estamos em todos os jornais de Londres!
– Ele tem razão – disse Liam – Mais isso ainda não explica o fato de ela ter ficado louca ao ver a Kira.
– Eu lembro exatamente o que ela disse. “Imagina quanta grana eu vou ganhar quando souberem que eu matei a linda Kiryn...”
– O que isso quer dizer?
– Isso quer dizer, Harry, que sabem que estamos investigando isso, e não estão gostando nadinha – Zayn disse pensativo.
– E o que nós vamos fazer?
– Não podemos simplesmente desistir. – disse Niall – bem, eu não vou.
– Nenhum de nós vai. – disse Louis.
– O que temos que fazer agora e seguir a nossa nova pista... – Kira se levantou do sofá – Procurar no banco  que o dinheiro estava escondido.
– Mas e se tiver algum cara lá que nos reconheça? – perguntou Liam.
– Colocamos Harry e Zayn no banco... – Louis disse olhando para o nada – É isso. Os dois entram! Conhecem perfeitamente Kira. Eu também. Niall viram hoje. Liam é o primo da garota procurada, é lógico que já pesquisaram sobre ele... Sobram vocês dois!
– Isso é verdade... – disse Niall.
– Então... Nós teremos que entrar em um banco...? – perguntou Zayn – E se formos pegos?
– Não vão! – disse Kira – O Louis está certo, eles não sabem que vocês existem. Na fábrica estavam lá fora, e depois foram para a carruagem e hoje, vocês bateram neles por trás.
– Digamos que nós entremos no banco... Devemos procurar por o que? O dinheiro não está mais lá... – Harry pensou – Ao menos que procuremos clientes antigos... Mas como?
Os seis ali pararam um minuto para pensar. Realmente não sabiam como poderiam achar algo. Talvez Kira pudesse perguntar para seu pai se conhecia alguém do banco ou coisa do tipo. Ás vezes daria certo.
Kira se sentou novamente e tentou pensar em algo. Ela olhou para a porta, vagando o olhar pelo cômodo e viu, sem querer, uma sombra preta. Uma sombra de pessoa.
– Quem está aí? – ela perguntou um pouco alto.
– A gente... – Louis fez careta – Tem problema é?
A noiva ignorou o garota e se levantou para olhar pela porta. A sombra tinha sumido dali... E agora estava mais a frente. Parecia que alguém estava escondido na escada.
– Tem alguém aqui. – ela disse e foi corredor a fora – Mãe, é você? – sem respostas.
Kira se aproximou da escada e ouviu barulhos de passos perto de si e quando olhou nos degraus, não viu nada além de sua própria sombra. A garota já pensara que estava equivoca, contudo, a porta se fechando atrás de si, tirou todas as suas conclusões. Ela não estava enganada, tinha realmente alguém ali.
– Kira? – os meninos apareceram – Está tudo bem?
– Não, Liam... Tinha alguém nos ouvido.
– Quem? – perguntou Harry.
– Eu não faço a mínima ideia.



Heeeeeeeeeeeeeeeey minhoquinhas.
Tudo booooooom?
Sim? Não? Sla?
Boooom eu espero que vcs tenham gostado do cap.
Se não gostaram... eu não posso fazer nada, mals ai.
Eae? Já estão de férias? 
então ta bom...
...
...
...
To sem nada pra falar afu.
Ok.
MMUUUUUUITO OBRIGADA PELOS COMMENTSS!
Ahhh eu só num respondi pq to com uma preguiça lascada
hje... e pq minha irmã ta me enchendo a santa 
paciência aq do lado.
Bom, como eu tinha falado, não podemos usar
Kouis... Mas uma linda leitora
(Anne Rodrigues :3)
deu a ideia de ser Lirryn e eu gostei mtoooo
Então, vamos deixar assim?
Bom, irei continuar com 13 comments e é issooo.
Malikisses & Paynekisses
Lo <3

33 comentários:

  1. Perfeito continuua *-*

    ResponderExcluir
  2. Ahhh to adorando! Ta interessante e você escreve mto bem ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seriiiiiiooo? aaaaaaawn *-*
      afvdegfv obggg
      bjs

      Excluir
  3. O Louis simplesmente é foda :)
    Continua que esta muito perfeito :)

    ResponderExcluir
  4. FLSENOJRGTNHB AAAAH POE MAIS SANTO JESUSINHO DA PENHA

    ResponderExcluir
  5. Continua! Estou curiosa!

    ResponderExcluir
  6. continuaaa meu desussss

    ResponderExcluir
  7. continuaa se nao vou morreeeeeeeeer

    ResponderExcluir
  8. to amando meu deus continuaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  9. meuuu muito legal vc esceve muito bem continuaaa pf to muito curiosa

    ResponderExcluir
  10. to super curiosaaa continuaaaaaa :-)))))))

    ResponderExcluir
  11. curiosaaaa continua continua continua continuaaaaa pffff

    ResponderExcluir
  12. continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa :-)

    ResponderExcluir
  13. Aaaahhh oeee to amando aq!!!!!
    Vc escreeeeve mtoooooooo beeeem aaaaaaaah ^-^
    Põe mais to curiosaaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. asdcnsdfs aaawwwwnn
      dvasv obgggggggggggg *-----*
      yeeeeeep
      bjsss

      Excluir
  14. continuaaaaaaaaaaaah
    eu imploro estou loquecendo aki está muito per

    ResponderExcluir
  15. ta marrado :p

    #morrida

    ResponderExcluir