5/25/2014

Breakaway Cap 38- Pai! ~maratona




Os brutamontes arregalaram os olhos contornados de rugas. Um deles soltou Louis, que caiu de joelhos apavorado e confuso. Ele observou Jack cair junto a si. Sangue escorria pelo seu nariz e suas mãos tentavam alcançar o ferimento nas costas, o que era inútil.
– PAI! – Philip berrou e se jogou no chão ao lado de Jack, esfaqueado.
Liam abriu os olhos e se engasgou com a própria saliva.
– Kira...? – ele não sabia se ficava feliz ou com medo.
Louis olhou para cima e viu a noiva com uma expressão apavorada. Ela tinha uma faca em uma das mãos e sangue escorria pela lamina afiada, pingando nos próprios pés descalços. Ela deu um paço para trás e soltou a faca, deixando-a cair no chão. A mão foi parar na boca e ela começou a chorar, a respiração acelerada.
– Pai! Pai! Fala comigo! ME AJUDEM SEUS IDIOTAS! – Philip berrou e todos os capangas presentes (menos os que seguravam os meninos) correram para perto de Jack, tentando fazê-lo respirar se alguma maneira.
Louis aproveitou a distração e saiu daquele meio indo na direção de Kira. Zayn fez o mesmo e virou um soco no homem que lhe segurava. Liam e Harry pareceram compreender e fizeram o mesmo, começando ali uma briga feia e violenta.
– Me desamarra! – ele pediu para ela e com a mão boa, ela desfez com dificuldade o nó que prendia suas mãos – Vamos, meninos! Por aqui!
Louis pegou Niall no chão e o jogou nas costas. Liam desviou de um soco e puxou Harry para perto de Louis, assim como Zayn. Eles entraram em um corredor e saíram correndo por ele.
– ELES ESTÃO FUGINDO SEUS IDIOTAS! QUEM DEIXOU? SEUS BURROS VÃO ATRÁS DELES! – Philip gritava.
– E agora? – Harry perguntou.
– Corremos até cansarmos! – respondeu Liam, ajudando Louis com Niall.
– Não! – falou Zayn – Precisamos de um lugar pra nos esconder! AGORA!
– Venham por aqui! – Kira falou, passando por uma porta dupla, que ao entrar, perceberam que dava para uma espécie de salão de festas.
Eles fecharam as portas juntos e usaram a corda, que antes amarrava Louis, para amarrar as duas maçanetas juntas. Assim que fizeram, todos ali suspiraram um momento aliviados. Teriam pelo menos alguns segundos de segurança.
– Eles não nos viram entrar aqui, pelo menos eu acho que não. – falou Harry.
Louis colocou Niall delicadamente no chão e deu alguns tapinhas no amigo, para ver se ele acordava. Niall pressionou mais os olhos e aos poucos eles foram se abrindo e revelando duas íris incrivelmente claras.
– Ele está bem! Graças a Deus! – Zayn suspirou.
– O que houve? – ele falou exasperado – Kira! Precisamos encontra-la e...
– Eu estou bem, Niall! – ela disse. Era a primeira vez que Louis escutava sua voz depois de um tempo. Ele sentiu um calafrio percorrer a espinha a ouvir a rouquidão em seu timbre baixo.
– Onde estamos? Na casa de Philip ainda? Eu...
– Ei, muitas perguntas, cara! Você está fraco... Vai com calma.
Louis se levantou devagar, recebendo um tapinha no ombro de Harry. Ele iria falar algo, mas suas palavras foram interrompidas por uma tosse aterrorizante. Levou os olhos até Kira, lembrando automaticamente de sua presença. Seu coração voltou a acelerar e ele saiu de perto de Harry para ir até a noiva.
Kira tinha acabado de sentar perto da porta. Ela encostou suas costas na parede e se encolheu, totalmente assustada. Ela viu o noivo se aproximar e seu sentar ao seu lado. Ele passou os braços por suas costas e a puxou para um abraço forte. Kira esqueceu todas suas dores no momento.Quando era envolvida pelos braços de Louis, tudo parecia melhorar.
– Me desculpe. – ele sussurrou ao seu ouvido – Desculpe, eu demorei muito.
Ela negou com a cabeça enfiada em seu pescoço, apertando-o mais ainda contra seu corpo. Louis sentiu algo quente preencher seu ombro, deixando-o úmido.
– Eu matei um homem. – ela disse, sua voz abafada pelo choro – Eu esfaqueei alguém!
– Não... – Louis afastou seu rosto, olhando-a nos olhos – Você salvou minha vida!
Ele envolveu seu rosto com as duas mãos, limpando as lágrimas que caíam pelas bochechas. Seus olhos estavam fundos, com uma olheira fraca estampada ali. Louis se aproximou lentamente e encostou os lábios nos da garota, dando início ao beijo calmo. O toque de suas bocas traziam sensações de conforto para ambos. Era como se estivessem em casa, tomando um chá da tarde com bolinhos, em segurança e, o mais importante, juntos.
– Pessoal... – Harry os chamou, fazendo Louis se afastar da garota, com raiva – Desculpe interromper... Mas temos um problema! – ele apontou para a porta.
Batidas eram depositadas ali, com força, fazendo a porta ir para frente e depois voltar ao normal. Louis levantou, com Kira ao seu encalce. Eles foram para o lado de Harry e os garotos e observaram a porta tentando ser aberta. A maçaneta tremia e a corda amarrada ali foi arrebentada com força, fazendo a porta abrir, escancarada.
A figura de Philip se projetou diante eles e atrás dele, uns dez brutamontes nervosos e de caras feias.
– Acharam que iam conseguir? Se trancando no salão de festas? Isso é patético! – falava e sua voz não tinha um pingo de ironia – Você! – apontou para Kira – VOCÊ MATOU O MEU PAI! – ela estremeceu, sentindo o coração bater mais rápido.
– Eu não queria...
– NÃO QUERIA? – ele riu, altamente – SUA VADIA NOJENTA!
Philip deu passos violentos em direção a Kira, pegando-a pelo pescoço e empurrando-a até encostar suas costas na parede. A garota soltou um gemido de dor quando seu pulso bateu com força na parede junto com suas costas.
– Eu deveria ter te matado quando tive chance! – falou, apertando sua mão com força no pescoço de Kira. – MATEM TODOS!
Aquelas foram as ordens de Philip, mas ninguém escutou, já que no mesmo instante um barulho alto veio do outro lado da casa, fazendo todos se assustarem e esperarem para saber o que tinha acontecido e segundos depois, cinco civis apareceram no salão, parando para observar aquilo.
– Eles! Foram eles que roubaram os cavalos! – o mesmo policial de mais cedo falou, apontando para os meninos.
– Xerife! Tem um homem esfaqueado na sala! – outro homem apareceu da sala, correndo.
– Um homem esfaqueado?
Philip olhou para tudo aquilo e depois voltou o olhar para Kira. Ela podia jurar que via chamas refletindo no seu olhar.
– Eu posso ser preso, mas vou matar você primeiro! – ele falou, voltando a enforca-la e tirando uma arma do cinto.
– Ele vai atirar na garota! – um policial berrou e tentou correr até Philip, mas um de seus capangas o impediu com um soco.
– Só por cima do nosso cadáver! – falou o Wess. Kira o reconhecia apenas pela voz.
Os policias recuaram. Tinham muito mais capangas do mal, estava obvio que se brigassem, acabariam perdendo a luta.
Louis entrou em desespero. Não daria tempo de ele correr até eles antes que o tiro saísse. Ele olhou para os lados e a primeira coisa que viu fui uma das maçanetas no chão. Ele a pegou e respirou fundo, berrando em seguida:
– HEY, PHILIP! – Philip olhou para o lado – NÃO TOCA NA MINHA MULHER!
Louis arremessou a maçaneta com força. Ela voou pelos ares, quase que em câmera lenta, até encontrar na testa de Philip, fazendo-o soltar a arma e levar a mão à cabeça.
– AI! AI! AI! SEU IDIOTA! MINHA CABEÇA!- [n/a: imaginem essa cena e riam comigo pfvr!]
Harry soltou uma risada esganiçada, mas foi reprimido por Liam rapidamente. Zayn aproveitou a deixa e correu até Kira, pegando a arma do chão e apontando para Philip.
– TODOS BOTEM A MÃO NA CABEÇA OU ELE MORRE! – Malik adorava fazer papel de durão, tinha descoberto aquilo naquele momento. – E DEPOIS VOCÊS MORREM!
Os homens se entreolharam. Zayn rezava mentalmente que eles amassem bastante o chefe deles para fazer aquilo... Porque, geralmente, os capangas morreriam pelo vilão principal, não morreriam?
Malik já estava quase mijando nas calças.
E como se fosse um milagre, mais um barulho foi escutado e mais homens enfadados apareceram pelo outro lado, deixando os capangas de Philip encurralados dos dois lados. Agora sim tinham muito mais policiais.
–Oxe...–falou Harry, confuso.
– MÃOS AO ALTO!
Philip arregalou os olhos e ficou surpreso. Não eram simples policiais. Era a guarda real. Os defensores do rei da Inglaterra. Os mesmos que ficavam em volta do castelo, prontos para qualquer ameaça que aparecesse.
– Precisaremos de mais carruagens! – falou um dos caras, enquanto um murmúrio surgia entre os policiais.
– Mas quem mandou esses reforços? – perguntou Liam, surpreso, vendo os policiais prendendo os brutamontes, que naquele momento mais pareciam insetos indefesos.
– Fui eu! – William apareceu – O rei é um grande amigo... Já comprou meus tecidos várias vezes!
– Pai! – Kira correu para abraça-lo.
– Filha. – ele a apertou contra seu corpo, acariciando seus cabelos de leve.
– Mas o senhor não tinha acreditado em nós! – falou Louis.
– Não tinha. Mas quando os policiais vieram me falar que seus cavalos tinham sido roubados pelos próprios donos da casa... Achei que a coisa tinha começado a ficar séria. – ele falou para Louis e depois passou os olhos por todos – Obrigado, rapazes!
Os meninos concordaram em resposta e logo começaram a cumprimentar um ao outro, como bravos soldados.
– Eu não acredito que estava desmaiado na parte mais legal! – Niall falou emburrado – Por que os loiros gatos sempre fazem o papel dos indefesos?
– Fica quieto, marica! – Louis falou dando um abraço no amigo – Que bom que está bem!
– Awwwn, Louis! Também te amo, amooor! – Niall depositou um beijo na bochecha do amigo, que largou ele enojado.
– QUE NOJO, CARA! – eles riram.
– VOCÊS NÃO PODEM ME PRENDER! NÃO PODEM! ME SOLTEM SEUS IMUNDOS! – todos olharam para o lado e viram Philip ser arrastado por dois guardas para fora do cômodo – EU CHAMAREI MEU ADVOGADO!
Logo depois, entraram algumas pessoas vestidas de branco e levaram Niall e Kira dali, provavelmente para a casa de algum médico, para que pudessem cuidar de seus ferimentos.
– É... – falou Liam – Nós salvos eles.
– Salvamos – falou Harry, orgulhoso.
– Nós salvamos vidas. – falou Zayn.
– Salvamos – repetiu Harry, mais orgulhoso.
– Salvamos. Com certeza salvamos. – falou Louis, com um sorriso ligeiro em seus lábios.




2 comentários:

  1. Sua vaca!! Achei que o louis tinha morrido!! Quer me matar do coração loca?!
    Ps: Melhor Fanfic do Século!!!!
    Continua esta simplesmente perfeita!!!
    ~LaryKelly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkk eu idem #morrida

      Excluir