8/15/2013

Feel The Love - Cap 2 - Defensoras de velhinhos indefesos !


(Ah,entraram novos personagens(que no caso eu esqueci de colocar ;p) cliquem Aqui.Obrigada pela atenção.E boa leitura ! )


Ally POV's 

                                                                           [...]

     “Embarque para o voo 2534 destino a Londres” Eu quase cai da cadeira quando ouvi a vozinha falando.Não me julguem,eu odeio essas vozes,elas são tão irritantes.Acho  que tava tudo aqui,minha mala já estava com o carinha lá(que eu esqueci o nome) tava apenas com uma mochila com o necessário,e meu violão nas costas,mandei uma ultima mensagem para minha mãe,caso ela não voltasse para saber sobre mim.Acho que era agora,estaria indo para Londres,seria bom,pelo menos,eu espero que seja...

       Eu ainda não tinha achado o meu lugar,estava que nem uma louca procurando,e para piorar, as pessoas ainda ficavam de me encarando.Eu hein...Parecem que nunca viu uma menina perdida em um avião. Quando eu estava chegando perto do meu lugar,ouvi outra vozinha falando que o avião iria decolar,eu entrei em desespero e sai correndo,minutos depois,a mesma disse que era um engano,e pedia desculpas.Eu estava matando a mulher mentalmente.Apenas.Eu tomei um susto dos infernos.E ainda por cima,as pessoas me olhavam mais estranho ainda. – Se você não quiser ser considerada como uma peregrina louca a caminho de Londres.Acho melhor você se sentar. – Alguém falou,me tirando de meus pensamentos,em que eu matava a mulherzinha lá.Quando eu a olhei era uma menina,parecia britânica,mas tinha um sotaque pesado.Ela vestia uma roupa normal,uma blusa escrito “New York” e uma calça jeans clara com um All Star.

  - Obrigada – Ela sorriu em resposta.Estava me ajeitando para sentar,mas ai meu violão agarrou entre a protona da frente.Que droga,daqui a pouco vou matar alguém com isso. – Pensei.Eu estava tentando tirar a violão que avia agarrado e quase acertei a cabeça de um senhor.
 - Meu deus,tenta ser normal e não matar ninguém – Ela já estava rindo,pelo fato de eu estar desesperada tentando tirar o violão da poltrona – Deixa eu te ajudar,antes que você cometa um assassinato em velhinhos indefesos – ela riu de novo,me fazendo ri junto.
 - Obrigado...De novo – fiz uma careta e ela riu –
 - Tudo bem,se você não matar ninguém já fico agradecida – Me ajudou a tirar o violão.
 - Nossa,eu não sou uma assassina não,ok ? – falei indignada. – Poxa,não tenho culpa se velhinhos dormem bem na hora que meu Bob dá a loca ai – ela riu escandalosamente.Mas isso não era para ser depressivo ? -

 - Você deu nome para seu violão ? Você é mais louca que eu pensava – continuava rindo. – Toma – me deu o violão – Cuida do seu Bob ai – 
 - Sabe,to agradecida por me ajudar no violão,e nem ofender o Bob – Falei enquanto dava carinho nele,e a menina do meu lado ria que nem um pato. – Meu deus menina, você tá bem ? Não quero que você morra não,quem vai proteger os velhinhos indefesos ? –
 - Seja normal,por favor ! – ela inda ria – Aiai... – fingia tirar pequenas lagrimas de seus olhos.
- Seja menos pato,por favor ! – falei no mesmo tom -
- Nossa,cade o sentindo ? – nós rimos –

            Ficamos nos encarando,depois eu fiquei vendo as nuvens e alguns pássaros que passavam por ali.Ainda não tinha certeza de como minha mãe reagiria após saber que eu tinha conseguido ir passar para a faculdade,e que estava indo para Londres.Mas ela também não fica em casa para conversa,ai fica difícil.Fui separada de meus pensamentos com a menina que estava do meu lado.

- Ai ! – ela disse me encarando – Guarde esse Bob ai,ele está ficando com fogo já – ela disse passando a mão na cabeça.Só depois reparei que tinha a  batido  com o violão nela – Eu sou defensora de  velhinhos,não vale me matar – disse revoltada –

- Mas o que ? – disse  gargalhando. – Meu deus,me desculpe. – continuava rindo.
- Depois eu que sou o pato né ? –  Me olhou revoltada.
- Viu,foi me ofender,o Bob se revoltou. -
- Ai cacete ! Tá doendo,tá ? – Passou a mãe de novo na cabeça – Para de ir ! – 
- Deixa eu ver isso – disse indo para cima dela. -
- Nãão,sai de cima de mim.  
- Deixa eu te ajudar,fica quieta.
- Aah,socorro,ela vai me matar – disse gritando -
- Para de gritar sua louca.
- Nãão –
- Olha,eu vou te morde,acho melhor você fica quieta – ela ficou me olhando,enquanto eu tapava a sua boca – Você vai gritar ? – fez não com a cabeça – Vai ficar quieta ? – fez sim com a cabeça – Vou te soltar,ok ? – fez o mesmo gesto –
- Socorro – ai não – Ela vai me mat...- olhamos para um cara alto e gordo com a barba mal feita e nos entreolhamos –

- Podem me acompanhar senhoritas ? – disse com um tom de voz alta.Nós nos entreolhamos de novo e engolimos seco.Levantamos e seguimos o cara fortão,parecia um macaco.A menina(que eu nem sabia o nome ainda) me olhou e riu,como se soubesse o que eu estava pensando. – Culpa tua – falei cochichando – Fica gritando que nem uma louca – empurrei ela que quase caiu em cima de uma mulher.

- Ninguém mandou pular em cima de mim – me empurrou também –
- Só ficava de boca calada – disse já nervosa.- A batida na sua cabeça te afetou tanto assim ?   – ela riu – Se nós fomos expulsas do avião,eu juro que te mato antes de chegar lá em baixo...


                                                                                                                                                                                                                                      [...]

Harry POV's


- Finalmente em casa – Eu disse me jogando no sofá –
- Foi muito ruim passar seu tempo com a Megan Harry ? – Louis ria enquanto me perguntava.
- Meu deus,aquela lá,é a filha do cruz credo,só pode.Ela não sossegava,toda vez que ver um paparazzi ficava de fogo querendo tirar foto,eu hein... – disse enquanto eles riam que nem porcos –
- Pensei que era amor – Zayn disse,enquanto se recuperava.
- Ah,ela as vezes é legal e tal,mas sei lá...Ela é muito estranha. – fiz uma careta e eles riram de novo –
- To com fome – Niall se jogou em cima de mim. –
- Niall,você acabou de voltar do Nandos. – Liam o olhou indignado. –
- Que que tem ué ? –
- Niall, sai de cima,você está gordo ! – Falei resmungando. –
- Ninguém ofende minha barriga,então vou ficar aqui mesmo. –
- Niall,sai de cima do meu Harold. – Louis pulou em cima do  Niall. –
- Sai de cima de mim,seus gordos. – Eu ainda tentava levantar.
- Calma ai,também quero. – Zayn se jogou em cima do Louis –
- Gente,gente,não é assim que se faz – Liam disse,fazendo alguns movimentos com as  mãos.
- Obrigado Lia.. – parei no mesmo estante em que vi ele se afastar -
- É assim – saiu correndo e pulou em cima de mim -
- Aah,eu vou morrer esmagado –
- Pelo menos,sem ser virgem – Niall disse e todos se encararam,e cairão no chão de tanto ri.Agora não é mais “One Direction” e sim “Porcos Direction,todos os porcos rolando na mesma direção !” –
- Nossa,vou fingir que não me ofendi ! – disse olhando todos e me levantando –
- Ok,finja,mas antes,você vai me pagar um hambúrguer – Niall falou,me empurrando para fora do apartamento .Hunf,isso é bulliyng comigo,só porque tenho cachos e sou um pegador gostoso e saradão...


        Saímos e escutamos um barulho vindo de dentro do apartamento,e quando abrimos a porta,eu não aguentei e comei a rir.O que ela estava fazendo aqui ? 



                                                                       [...]



                                                                    Hey !
Cara,vocês são muito fofas feat. fodas *---*
Obrigada pelo 6 coments \õ/
Espero que vocês gostem do cap,e me desculpem se tiver algum erro.
Só isso ! 
Beijoos
Juh (:
                               

8 comentários:

  1. Oii
    não vou comentar muito porque eu li o capitulo outro dia e deixei pra comentar hoje e esqueci do que ele falava masok
    Continua Juba
    No próximo meu cometário vai ser maior
    Beijoooooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Ana *--*
      kkk Okok !
      Continuo sim (:
      Beijoos

      Excluir