11/14/2013

Breakaway Cap 7 - Como se conheceram?



Kira sentiu seu ar ir completamente embora quando a costureira deu um ultimo aperto no espartilho branco colado a sua cintura. A garota se apoiou no batente da cama para não cair e teve que morder os lábios para não soltar um pequeno grito de desespero. Parecia que suas costelas estavam sendo quebradas de pouquinho em pouquinho, só para que sua cintura ficasse mais fina.
– Hm... Acho que está muito frouxo! – a costureira, cujo nome era Margô, falou enquanto olhava Kira, que esbugalhou os olhos quando a mulher disse aquilo.
– Não... – sua voz saiu falha – Rum, rum... Não precisa! Assim está ótimo!
– Ok, então! – Margô olhou feio para a jovem a sua frente e foi pegar o vestido apoiado na cama.
Os rolinhos no cabelo de Kira estavam começando a deslizar e, mal tinha se arrumado, e aquelas trezentas saias para dar volume – já que se recusava a usar aquela gaiola do mal – ao vestido já estavam a deixando totalmente suada e pegajosa. Já conseguia ouvir vários murmúrios vindo do salão de festas, o que significava que a coisa estava começando a ficar cheia. Familiares, parentes, amigos, jornalistas, todo o que é tipo de pessoa devia estar na sua casa naquele momento.
– Levante os braços! – Margô mandou.
A costureira antipática passou o vestido pela cabeça de Kira delicadamente, arrumando ele perfeitamente em sua cintura finíssima devido ao espartilho. Ela puxou o zíper atrás e arrumou a saia, para que não ficasse amassada.
Margô tirou os rolinhos do cabelo da cliente e fez uma cara de reprovação ao ver que quase nada tinha mudado. Ela prendeu os cabelos de Kira, com um arranjo vermelho, para o lado esquerdo e deixou que eles caíssem sobre seu ombro.
– Prontinho! Você está linda, querida – falsa – O vestido caiu perfeitamente em você!
Kira olhou para baixo e foi até o espelho do quarto.
– Wow... – até ela se surpreendeu com a imagem que via.
Já tinha ido a bailes antes, mas nunca ficara tão bonita quanto estava naquele dia... Quer dizer, ela nunca se achou bonita, mas estava se sentindo deslumbrante e digna de ser filha de sua mãe.
Seu vestido vermelho, feito com uma seda delicada e cara, com alças finas e bem justo na cintura, com uma saia longa e rodada, detalhada com poucas rendas, caía perfeitamente em seu corpo.
– Sua tia que encomendou! – Margô disse – Ela disse que ficaria excelente, e ela acertou! – ela não estava mentindo. Por mais que sentisse vergonha de estar trabalhando para uma pessoa como Kira, ela achara que a garota tinha ficado maravilhosa.
– Obrigada. – Kira sorriu.
– Filhaaa! – Kerry bateu na porta cantarolando, entrando no quarto logo em seguida – Oh minha filha, você está tão...
– Feminina?
– Eu iria dizer bonita, mas se prefere assim! – a mãe da garota ficou de frente para ela – Obrigada, Margô! É sempre um prazer ter a sua ajuda.
– Eu que agradeço, querida! – elas deram um beijinho falso e a costureira desceu para a festa.
– Então, vamos ver... Vestido... Cabelo... Leque? – Kira mostrou o leque em suas mãos com uma cara de tédio – Só falta o sorriso!
– Não, obrigada!
– Vamos, Kira! Sorria!!! – a menina olhou para a mãe mais entediada ainda e depois de um suspiro abriu um sorriso completamente forçado – Isso mesmo! É assim que eu quero.
– Hunf.
– Agora, escute: lá embaixo estão os jornalistas mais importantes de Londres! E eles querem uma entrevista exclusiva com você e com o Louis! Imagine! Serão o casal mais famoso do mês, até do ano!
– Mas por que isso é tão importante?
– Seu pai quer que a junção das empresas consiga muito! E para isso precisamos de várias propagandas! – ela disse enquanto arrumava o vestido da filha – Lembre-se! Você e Louis estão muito apaixonados e... Seja simpática!
– É... vamos nessa.
...
– Harry, pare de paquerar as meninas, nós mal chegamos! – Zayn balançou a cabeça em reprovação.
– Ah Zayn... É que tem cada menina aqui que... Olha, até tu pegava! – disse Harry observando uma loira de vestido amarelo passar perto dos dois.
– Só toma cuidado, cara! Ás vezes os pais delas estão aqui e não vão gostar nada de verem que um menino qualquer “acabou com a pureza” delas.
– Zayn, caro amigo, essa noite eu não vou acabar com a pureza de nenhuma menina, ok? Só quero encontrar alguma para conversar, ué.
– Você é um idiota, sabia?
– Eu tento. – Styles arrumou seu smoking preto no ombro.
Harry Styles. Um garoto alto, de cabelos castanhos volumosos e olhos verdes belíssimos, tão encantadores quanto seu sorriso cativante e simpático.  Era o amigo que Louis considerava um irmão. Cresceram juntos, mesmo Harry sendo um pouco mais novo, e sempre foram muito próximos. Louis não conseguiria passar por isso sem Styles. Ele e Zayn estavam lá para isso, ajudar o amigo a passar por essa fase aterrorizante, como Louis dizia.
– Com licença! To passando... Ai foi mal... Me dá essa bebida? Obrigado. – Louis se juntou aos amigos – Tá quente aqui ou sou eu?
– Louis, você está bem? – perguntou Zayn.
– É... Você tá meio tenso, sabe? – completou Harry.
– Eu não estou tenso... – Louis deu um longo gole em seu champanhe – Talvez um pouco nervoso...  – ele limpou um pingo de suor da testa – Vocês tem noção do que eu estou prestes a fazer?
– Dar uma entrevista a um jornal com sua suposta noiva? – Styles disse como se fosse a coisa mais obvia do mundo.
– Exatamente! Agora, me responda, você já viu a minha noiva?
– E começou de novo! – Zayn resmungou – Louis, a Kira é legal e...
– Legal? Aquela garota é um animal! Já viu como ela se comporta? Parece até um macaco selvagem! – Louis disse com desdém.
– Eu quero conhece-la. – disse Harry – Não que eu vá gostar dela, mas só para ver mesmo se ela é tudo isso que o Louis fala.
– Ela não é... – Malik tentou terminar a frase, mais uma vez.
– Ela é sim, Harry! Confie em mim! Ela chata, irritante, metida, cabeçuda, gosta de ler... – Harry ouvia atentamente o amigo, enquanto Zayn apenas bufava – Nojenta, mesquinha, mimada, feia, aqueles cabelos de empregada...
Louis continuou a falar adjetivos ruins, mas em exatos dois segundos depois, a atenção de Styles foi direcionada para outro local, assim como as dos convidados , de todos presentes naquele salão.
– Er... Louis? – interrompeu-o Harry.
– O quê? – Louis olhou estranho para o amigo.
– Essa sua noiva... Ela é morena, estatura baixa, bonita e extremamente sensual? – Louis enrugou a testa. De onde ele tinha tirado aquilo?
– Claro que não! – Tomlinson reparou nos olhos dos amigos direcionados para atrás de si – Por que vocês estão... – o jovem rapaz virou seu corpo para ver o que tanto olhavam e se surpreendeu, mais do que todos.
Kira estava parada no topo da escada da entrada do salão. Seu lindo vestido vermelho ofuscava qualquer vestido naquela festa, assim como sua beleza ofuscava a de qualquer garota ali presente.
O queixo de Louis foi para no chão. Aquela não era podia ser ela!
– É ela? – Harry perguntou quase babando – Louis... Qual o seu problema? – Zayn soltou uma gargalhada gostosa e deu tapinhas no ombro do amigo.
Kira desceu as escadas com sua mãe a seu encalço. No final, seu pai lhe aguardava, pagando a mão da filha e dando um beijo carinhoso na mesma.
– Você está linda, meu bem! – William sorriu.
– Obrigada.
Louis estava indignado. Ela estava... Bonita? Argh! Ele não pode acha-la bonita! Ela era feia! Muito feia e chata! Além de estar passando uma vergonha tendo que se casar como uma pessoa dessas... Mas ela estava tão encantadora! Era impossível negar isso.
Os convidados foram voltando ao normal aos poucos e Kerry cutucou a filha mostrando os fotógrafos do lado direito.
– Vá encontrar o Louis! – sua mãe fez um sinal para que ela obedecesse.
– Mas...
– Vai!!! – Kira fechou a cara.
– Eu não mereço isso. Não mereço! – a garota levantou os pés enquanto resmungava.
Ela procurou Louis dentre a multidão, passando o olhar por todas as pessoas. Acabou vendo Zayn em um canto, que após vê-la também, acabou acenando com um sorriso meigo no rosto. Por que Louis não podia ser que nem Zayn?
A garota foi até ele e assim acabou encontrando Tomlinson ao seu lado, junto de um menino desconhecido, e muito bonito, pensou Kira.
– Oi Zayn! – ela sorriu.
– Kira. – ele fez um reverencia educada e lhe beijou a mão.
Mas uma vez ela pensou: Por que Louis não podia ser que nem Zayn?
– Louis! – a garota olhou para ele – Como é bom te ver aqui. – ela fez uma voz falsa.
– Macaca. – Louis levantou sua taça, como um brinde, e virou-a na boca – Harry essa é a macaca, macaca esse é o Harry, meu amigo e blá blá blá.
– Prazer, Harry! Sou Kira.
– Prazer, Kira. – Harry deu um sorriso simpático – Você está muito linda essa noite, se é que me permite dizer.
– Ah... Obrigada. – Kira corou – É muito bom conhecer mais um amigo de Louis... Responda-me uma coisa Harry, ele sempre é assim tão chato, irritante, fútil e mal-educado? – Zayn soltou uma risada.
– E lá vamos nós de novo! – Malik virou os olhos – Harry, que tal nós irmos beber algo, hein?
– Claro! – respondeu Styles.
Louis esbugalhou os olhos e fez uma cara “não me deixem aqui!!!”, mas os amigos acabaram ignorando e depois de se despedirem da moça, foram atrás de algo para refresca lhes a  garganta.
– Seus amigos são tão legais... Por que você não é que nem eles?
– Porque, diferente dos dois, eu não estou noivo de um primata! – Kira virou os olhos.
– Devo ser um primata bem atraente então. – Louis franziu a testa em dúvida – Eu vi que você não tirava os olhos de mim quando eu desci aquelas escadas ali – a garota apontou para a escada.
– Pufff, querida, eu não sei se você sabe mas, TODO MUNDO tava olhando para você! Também... Quem mandou você chegar atrasada?
– Uhum... Vou fingir que eu acredito. Eu sei que eu estava seduzindo ali em cima! – a noiva disse num tom brincalhão.
– Kira, abaixa esse fogo aí, acho que você está se achando de mais, certo? E além do mais, nem uma mosca você consegue seduzir, quem dirá um homem como eu.
A garota soltou uma risada abafada e irônica. Kira pegou uma taça de água gelada em cima de uma bandeja que um garçom trazia, e tomou um gole demorado enquanto girava em torno de Louis.
– Sabe Tomlinson... Você anda me ofendendo bastante ultimamente. – disse a garota calmamente, passando de leve o dedo indicador pelos ombros do noivo e brincando com as costuras do seu terno.
Louis fez careta diante aquela cena, além de ter ficado paralisado. Ela era louca, só podia.
Kira pousou as duas mãos nos ombros de Louis e levantou um pouco os pés, deixando a cabeça na altura de sua orelha. Onde exatamente ela precisava estar. Ela aproximou os lábios e depois de fazer alguns segundos de silêncio, sussurrou bem de vagar:
– E não estou gostando nadinha. – Louis ainda paralisado, sentiu os pelos da nuca se arrepiarem e Kira sorriu ao perceber.
Ela, feliz com o efeito, contornou seu corpo novamente, ficando de frente para Louis. Deu dois passos para mais perto dele e com o dedo levantou um pouco seu queixo, olhando bem nos olhos azuis do noivo.
Kira olhou para a boca de Louis com um sorrisinho irônico no rosto. Ela mordeu o lábio inferior e se aproximou mais alguns centímetros para dizer:
– Cuidado com o que fala, Louis... – a garota disse, com uma voz rouca – Quem não sabe se controlar é tão sem defesa como uma cidade sem muralhas – ela deu um tapinha no rosto de Tomlinson e se afastou, lhe dando costas e indo fazer qualquer coisa que não importava.
Louis ficou paralisado no lugar. O que tinha sido aquilo? Loucura? Não... Achava que demência era a escolha mais certa! Talvez pudesse conversar com o pai de Kira e pedir para coloca-la em um manicômio... Certo... Talvez não seja loucura. Kira tinha acabado de seduzi-lo? Era isso mesmo!? Não podia ser... Kira era tão Kira e... Como Louis deixou isso acontecer? Ok, talvez ELE estivesse louco.
– Preciso de mais champanhe.
...
– Mas então, Kira – o jornalista, Bob, começou – Você será a primeira garota a tomar os negócios da família. Como se sente sabendo que seu pai te confiou algo assim? – Kira ajeitou-se no sofá e olhou para a mãe, que assistia tudo do canto direito da sala.
Kerry fez um sinal para que ela sorrisse e outro para que ela respondesse logo. Seu olhar, então, passou para Niall, que estava do lado de Liam, segurando uma bandeja de chá de erva doce.
– É uma honra... Saber que meu pai confiou algo tão importante a sua filha!
– E de onde acha que ele tirou essa confiança?
– Talvez por eu ser o outro homem da casa! – Kira fez uma piadinha, rindo sozinha logo em seguida.
Louis sentiu vergonha dela naquele momento, assim como sua mãe. Liam, Niall e Zayn já foram diferentes e seguraram a risada ao ver o mico da garota.
– Ou por eu ter grande sabedoria nessas coisas... – corrigiu ela e depois de ter feito um olhar feio, Bob anotou tudo em seu caderninho.
– Agora, vamos focar no casal...
As pessoas em volta paravam para observar os dois sendo entrevistados. Bob era do jornal London Super News, um dos jornais mais famosos de Londres.
– O fato de vocês serem um casal realmente apaixonado comove muitas pessoas – começou o jornalista – e todos queremos saber: como se conheceram? Como aconteceu aquela magia? Aquela sensação de dor de barriga, mas na verdade é amor?
Louis deu um pequeno engasgo e Kira esbugalhou os olhos surpresa. Não imaginavam que essa pergunta estava por vir, nunca imaginariam na verdade... Porque se formos pensar, eles não estavam nem um pouco apaixonados e se conheceram há uma semana de um jeito não muito agradável.
– Nós... Hm... – Kira olhou para Louis, para ver se ele achava uma saída para os dois.
– A primeira vez que nós vimos... Foi em um zoológico! – Louis disse rapidamente – Na parte de macacos... – o noivo disse com um sorrisinho no lábios – Não é, amor? – Kira queria dar vários tapas em Louis naquele momento, mas acabou se controlando... e porque pensou em dar o troco.
– É. Me lembro como se fosse ontem! O Louis estava alimentando os macacos, sendo que tinha uma placa ENORME falando para não fazer isso. E quando eu vi aquele menino, percebi na hora que ele precisava de ajuda... Eu iria ensina-lo a ler! – Kira colocou a mão no peito, “comovida”.
– É... – dessa vez Louis que se segurou para não bater na noiva – E, assim, nós não sabíamos que éramos nós, sabe? Quer dizer, não sabíamos que nós éramos filhos dos nossos pais... A mudou muito de quando ela era criança... Ela era mais bonitinha! – a garota quis se jogar no chão. Ele nem há conhecia quando eram crianças!
– Mas como eu dizia... – Kira deu uma escarrada – Eu fui conversar com ele e... Bem, foi amor... A primeira vista! – a pobrezinha quase vomitou a dizer isso.
– Pois é! – Louis concordou e, meio inseguro, segurou a mão da noiva – E agora estamos muito felizes, certo minha macaquinha? – ele olhou para Kira, com um sorriso bem convincente.
– Certo! – ela respondeu.
– Impressionante! – disse Bob – E vocês estão se adaptando, já, com essa vida de casal?
– Com certeza! – Louis demonstrou seu lado de ator – Estamos muito felizes.
– Vocês são realmente incríveis! Agora, é só olharem para essa câmera para que eu possa tirar algumas fotos, ok?
Os dois sorriram e juntaram um pouco mais os ombros, e logo depois vieram os flashes da câmera fotográfica, cegando os dois infinitamente.
Kira, naquele momento, se imaginou por um segundo, vendo todas aquelas pessoas os prestigiando, casada com Louis. Ela sentada em uma cadeira de balanço, os cabelos presos e um vestido simples, com uma barriga enorme e dois mini Louis sentados ao seu redor, discutindo sobre quem ficaria com o brinquedo novo, enquanto o próprio Tomlinson estaria discutindo com ela por não ter usado sapatos na noite anterior. Um caus.
Isso nunca, jamais, na vida dela, poderia acontecer. Kira com certeza solucionaria esse caso.







OIIIIIIIIEEEEEEEE
Tudo bom minhas lindas minhoquinhas?
Ahhhhhh me desculpem a demora!!!
É que estamos no final do ano, e vcs conhecem 
muito bem as provas finais, certo? E como eu
estou no nono ano, as minhas provas foram
todas adiantadas e eu estou estudando
feito uma looucaaa varrida!
Para vocês terem uma noção,
eu to escrevendo esse cap há uma
semana ¬¬ um pouquinho por dia!
Desculpem se não ficou bom :((
Prometo que assim que a escola acabar
eu faço uma supermegahiper maratona, ok?
Mas então? Me contem! Como 
vai a vida de vocês? Muito corrida?
E os namoradinhos?
pfsfkdv vou parar, foi mal.
Bom, muito obrigada pelos lindos comments do
cap anterior <3
E vou continuar com 13 msm!
Só isso meus amores!
Malikisses & Paynekisses
Lo <3



13 comentários:

  1. To amaaandooo!!! Põe mais!

    ResponderExcluir
  2. hahaha quanta criatividade
    perfeito =)

    ResponderExcluir
  3. Huahuahuahuahuaha gostei do final, continua ta perfeito,!!!!

    ResponderExcluir
  4. Lo, querida, o cap tá perfo demais, ok? Nao tenho muito o que falar... Só que meu computador e meu namorado chamado "unicórnio da minha imagination" tão mandando beijos!

    ResponderExcluir
  5. LOOOOOOOOOOOOO CONTINUA PQ EU PRECISO SABER OQ VAI AONTECER!!
    BEST FANFIC EVER!

    ResponderExcluir
  6. Aaaaaaah eu ameeeeei ><

    ResponderExcluir