6/26/2014

Criminal Capítulo 11 – Certo? Certo!


– Harry?! Harry!! Harry, você tá aí?
Abri meus olhos com dificuldade, vendo apenas uma plena escuridão a minha frente. Minhas pálpebras estavam pesadas e eu sentia a minha própria baba em torno de minhas mãos. Tentei me mexer na cama e só então reparei que havia algo pesado sobre meu corpo. Olhei para baixo e vi braços em volta de minha cintura. Meus olhos se arregalaram enquanto eu dava um pulo para fora da cama, vendo Harry deitado, dormindo feito uma pedra. Esse viado tinha me abraçado enquanto dormíamos... Pera, eu tinha dormido? Por que raios eu dormi? Droga! Culpa do filme entediante!
– HARRY! – outra batida na porta e eu acabei me lembrando do porquê de ter acordado.
Fui até a porta em tropeços, apertando o interruptor ao seu lado – para acender as luzes – e abrindo-a de um jeito brusco.
– Har... Hope? – Louis franziu o cenho – To no quarto errado?
– Não, Louis. – suspirei com sono, coçando a cabeça, dando espaço para ele passar – Harry tá dormindo – ele entrou e eu fechei a porta.
– E... O que você está fazendo aqui? – ele abriu um sorriso malicioso, cutucando minha bochecha com o dedo – Hein? Hein?
– Se você não parar de me cutucar agora, eu corto suas partes íntimas fora. – falei, estressada, cruzando meus braços e apontando para o Harry na cama – E eu só estava vendo um filme amigável com ele e caímos no sono.
– Uhuuuuuum! Sei. Sei. Sei. – ele saltitou até a cama, pulando no amigo – Harrrrry! – beijou sua bochecha.
– Ah, poupe-me dessa gayzisse! – falei pra ele, fazendo uma ânsia de vomito. Louis gargalhou, fazendo Harry acordar.
– Que foi, Louis? – ele perguntou com sua típica voz rouca.
– Meu shampoo acabou e eu quero o seu emprestado!
– Não acredito... Veio aqui só para pedir shampoo? – virei os olhos.
– Ué... Qual o problema? Por acaso estava interrompendo algo? – Louis abriu outro sorriso impuro.
– Partes íntimas, Louis... Partes íntimas! – falei enquanto fazia um sinal de tesoura com meus dedos – Ou, não estavam proibidos de sair dos quartos?
– Já nos autorizaram sair... Caraca, vocês tão dormindo desde que horas? – Tomlinson perguntou e Harry olhou no relógio.
– Hm... Umas nove horas de sono.
– NOVE HORAS? COMO DORMI TANTO? – andei até a sacada, vendo que já estava escuro lá fora – Meu Deus, eu tenho tanta coisa pra fazer... Eu preciso ver os negócios dos shows de amanhã, preciso pagar os seguranças e ainda tenho que conferir a viagem pro EUA daqui dois dias!
– E não esqueça de reservar a área vip da pub legal em L.A. – Harry se sentou na cama, esfregando os olhos enquanto falava.
– Aff, ainda tem isso. – me joguei na poltrona ao lado da cama – Aaaah, preciso de férias!
– Credo, garota! – Louis fez careta – Você tá precisando de um spa, isso sim!
– E você tá precisando virar homem! – falei rindo para ele, prendendo meus cabelos num coque.
– Enfim... – Tomlinson se voltou para Harry – Onde está seu shampoo?
– No banheiro, onde mais, idiota?
– Credo, seu grosso!
Louis se levantou e começou a ir para o banheiro... Banheiro... Tinha algo importante no banheiro... O que era mesmo...?
– AI, ESPERA! – dei um pulo, me lembrando da arma – ESPERA AÍ! ESPERA! – andei até ele, barrando sua entrada na porta – Hm... Eu preciso usar antes...
– O quê? Mas eu só quero pegar o...
– MINHA BEXIGA TA CHEIA! ESPERA! – fechei a porta em sua cara, girando a tranca.
A arma estava largada no chão de piso azul, perto da pia. Peguei-a e guardei no bolso de minha calça jeans – que era coberto pela minha camiseta mais comprida – e dando uma olhada em mim mesma no espelho. Meus cabelos, agora presos, tinham a aparência de despenteados. Ainda não acreditava que tinha dormido na mesma cama que Harry, com ele me abraçando ainda... Ai credo, só de lembrar sua mão em minha cintura, eu me sentia enjoada.
Dei descarga e saí do banheiro, deixando espaço para Louis passar.
– Esvaziou a bexiga? – ele perguntou debochado e eu soltei uma risada.
– Sim, obrigada por esperar! – mandei um beijo no ar pra ele, vendo-o entrar no banheiro e sair depois de segundos.
Eu gostava de Louis. Ele me lembrava Alfred as vezes e isso me fazia me sentir mais a vontade com ele por perto. Além do mais, conversar com ele sempre me animava... Não que fossemos super amigos, BFFs, que conversam todas as horas do dia.
– Shampoo em mãos! #partiubanho! – ele fez um jogo da velha nos dedos e foi indo para a saída do quarto.
– Deixa aberta que eu também vou para o meu! – pedi, parando no caminho e olhando para Harry – E você, Styles! Terei uma séria conversa com você depois! – fiz uma cara ameaçadora e ele me lançou uma piscadela sensual engraçada.
Revirei os olhos e saí do quarto, acompanhando Louis. Entrei na minha suíte acendendo as luzes e indo diretamente para o banheiro. Guardei a arma na gaveta da pia e tirei minha roupa para tomar um banho. Enquanto a água quente caía sobre meu corpo, voltei para algumas horas antes e lembrei que tinha que ter matado Zayn. Era engraçado pensar em uma coisa dessas. E por que era tão difícil mata-lo? Gostaria de saber... Sempre fui uma ótima agente, mas ultimamente, de ótima eu só tinha de secretária... Na verdade, nem nisso! Acho que deveria esquecer tudo e voltar a ser garçonete de uma vez. Pelo menos eu era boa em servir café para clientes mal humorados.
Saí do chuveiro, secando o corpo e vestindo uma roupa que tinha largado ali no dia anterior. Uma regata branca e um shorts jeans normal. Refiz o coque nos meus cabelos, os quais não tinha lavado, e saí do banheiro, deixando uma onda de vapor seguir porta a fora.
– Wow... – ri sozinha e esperei ouvir os miados revoltados de Chanel. Ela não gostava de vapor, odiava, na verdade.
No entanto, não ouvi nada e quanto o vapor se dissipou, levei mais um susto, vendo Zayn sentado de costas para mim, em minha cama e com minha gata no colo. Tive que apoiar minha mão no batente da porta para me recuperar. Eu estava com alguma doença que me deixava sensível a sustos, só podia, era a única explicação.
– Ops. Não queria te assustar, Hope. Desculpe. – ele se virou, me olhando.
– Tudo bem... – respondi, sentindo meus batimentos voltarem ao normal – O que você tá fazendo aqui?
– Bem... – ele mordeu os lábios – Eu vim te agradecer. – enruguei minha testa, me aproximando e me sentando na cama também – Você salvou minha vida. De verdade. – ele coçou a cabeça, um pouco sem graça – Nunca pensei que diria isso ao pé da letra pra alguém! – Zayn riu, me fazendo rir junto... Era uma situação engraçada... Certo? Certo!
– Não tem de que... – sorri pra ele, sentindo uma sensação desagradável no estomago – Parece que a Chanel gostou de você. – apontei para minha gata em seu colo – Na verdade, ela gosta de todo mundo, menos de mim.
– Ela é uma fofa. Não sabia que tinha trazido ela.
– Ou ela vinha ou largava com Clarck. Ele a deixou vir, então. – comentei, levantando e pegando meu celular e minha agenda em cima da penteadeira. Voltei para a cama e observei Zayn brincando com Chanel de um jeito fofo. Ele usava um moletom verde musgo e eu me perguntava se ele não estava sentindo calor.
– Cara, nem acredito nas coisas que aconteceram hoje... Quer dizer, alguém tentou me matar...
Após ouvir aquelas, as palavras de Alfred apareceram em minha mente tão rápido quanto uma bala solta. “Você já demorou demais”. Senti meu corpo ficar rígido, mordendo meus lábios em seguida. Apertei meus dedos e limpei a garganta, pedindo licença.
– Hm... Vou ao banheiro, espere aí. – ele concordou, ainda brincando com a gatinha.
Fui até o banheiro em passos rápidos, abrindo a gaveta e pegando a arma sem pensar duas vezes. Ela era pequena, uma arma de bolso, mas era uma das melhores e eu concordava plenamente com aquela afirmação. Fui até a porta e fiquei encarando suas costas curvadas para brincar com Chanel. Eu precisava acabar logo com aquilo, como Alfred dissera. Já tinha enrolado demais e era a minha chance de dar logo um fora dali.
Carreguei a arma devagar, para que ela não fizesse muito barulho. O tiro também não faria, já que aquela arma tinha um silenciador. Ergui minha mão na altura de meu peito e demorei um pouco para achar a mira perfeita de seu coração. Respirei fundo pelo nariz, soltando o ar pela boca lentamente. Molhei meus lábios e já estava pronta para atirar. Meus dedos tocaram o gatilho e no mesmo instante Zayn soltou uma gargalhada. Suas costas se curvaram enquanto ria e ele tirou a blusa, sentindo, pelo jeito, calor.
Senti aquela sensação desagradável em meu estomago novamente e tive vontade de vomitar. A risada de Zayn ecoou pela minha cabeça e eu lembrei dele minutos antes me agradecendo. Seu rosto lindo e inocente totalmente embaraçoso. Lembrei de mim mesma vendo o veneno em sua xícara e jogando-a no chão. Do desespero que senti ao ver aquela semente no chá. E por fim, lembrei de todos os momentos da semana que passei com esses cinco meninos irritantes.
Quando me dei conta a arma estava voltando para a gaveta. Por quê? Eu também não sabia. Mas algo dentro de mim dizia que eu não deveria fazer o que eu estava pronta a tentar. Era como uma vozinha em meu subconsciente dizendo que aquilo não estava certo. Senti uma gota de suor descer pela minha testa e limpei-a com o dedo. Eu estava suando? Sério? Eu só podia estar doente. Certo? Certo!
Talvez eu tenha realmente demorado demais. Talvez duas semanas tenha sido um tempo muito grande e o suficiente para que eu me apagasse a tudo aquilo... Certo? Não... Não, não podia ser certo! Eu não podia ter simplesmente amarelado porque o considero um amigo! Ele não era um amigo! Nenhum deles era! E eu só estava num dia ruim e tentaria outra hora.
Certo? Certíssimo!









OOOOOE GALERU!
Tudoooo boooom? 
Está aí mais um capítuloooo! UHU!
Espero que tenham gostadooooo o o o!
Sei que ficou pequeno, mas
o próximo está maior pra reconpensar:D
JUUUROOO QUE A PARTIR DAÍ VAI FICAR
BEM MAIS LEGAL!
Juro de dedo mindinho!
Seguinte pessoal, eu vou
entrar de férias amanha (AMÉM!)
EEEEEEEE vou passar a postar de 
segunda, quinta e sexta!!!! UHU!
Podem comemorar ÊÊÊÊÊÊ!
~ou podem me deixar no vacuo n tem 
problem~
Só issssso amores!
Obrigada pelas mensagens, 
comentários e tudooo!
Semana que vem posto um
vídeo agradecendo pelos 
100 seguidores <3 ok?
Malikisses & Paynkisses
Lo <3


4 comentários:

  1. Umsonhocomonedirectionharry.blogspot.com divulga? Obggd <3

    ResponderExcluir